Prefeitura de Ponta Grossa realiza Censo Cultural 2023

Artistas, trabalhadores e fazedores culturais têm até o dia 27 deste mês para participar do Censo Cultural 2023. A realização é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura. O objetivo é fazer um mapeamento da produção cultural local, além de criar um banco de informações que ajudará a gerenciar a distribuição de recursos.

O cadastro e participação no Censo Cultural de 2023 deve ser feito no site da Secretaria de Cultura, no endereço: https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/censo-cultural-2/. Mesmo quem preencheu o censo anterior deve participar desse novo banco de dados.

De acordo com o diretor do Departamento de Cultura da Secretaria, Carlos Phantasma, o objetivo do Censo Cultural é elaborar um panorama do movimento cultural existente em Ponta Grossa. Através do levantamento de dados e do mapeamento da produção local, pode ser criado um banco de informações que permite gerenciar com maior eficiência a distribuição dos recursos.

O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, explica que o “Censo Cultural é um dos mais importantes instrumentos para a construção de políticas públicas eficazes na administração do município e nos conselhos”. Responder ao Censo também será o caminho para a participação em editais de cultura e permitirá votar nos representantes do Conselho Municipal de Cultura. 

A 23ª Conferência Municipal de Cultura, que será realizada nos dias 29 e 30 deste mês, às 20 horas, no Cine-Teatro Ópera, vai escolher os novos conselheiros. Só poderá votar quem estiver inscrito no censo até o dia 27.

Prefeitura realiza Fórum Municipal de Cultura

Será realizado no dia 25 (Terça-feira), a partir das 19 horas, no Centro de Criatividade, o Fórum Municipal de Cultura. A promoção é da Prefeitura de Ponta Grossa, Através da Secretaria Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Política Cultural. O evento é aberto a toda comunidade e não é preciso fazer inscrição previamente. 

O Fórum precede a Conferência Municipal de Cultura e é um espaço em que a comunidade pode se reunir com o segmento do qual faz parte e discutir questões voltadas às políticas públicas que depois serão apresentadas na Conferência. O conselho conta com cadeiras que representam as mais diferentes manifestações culturais, como literatura, música, dança, artes populares, artes visuais, audiovisual e teatro. 

Para o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, o Fórum é uma ferramenta muito importante na construção coletiva, capaz de reunir as demandas e levantar um panorama para chegar na Conferência com um material encaminhado. “Nós acreditamos que a partir desses momentos a gente aproxima o trabalho da gestão pública municipal de cultura da comunidade de fazedoras e fazedores culturais”, destaca.

Prefeitura lança edital para profissionais de arte e cultura


A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), divulga chamamento público de credenciamento de profissionais de arte e cultura para executarem serviços e atividades por período predeterminado em projetos/eventos. As inscrições estarão abertas até o dia 21 de maio.

O chamamento envolve várias áreas. Credenciará artistas visuais, atores, bailarinos, artistas circenses, produtores audiovisuais, DJ’s, VJ’s, bandas, grupos de dança, coletivos de teatro, contadores de história, arte-educadores, produtores culturais, técnicos, maquiadores, figurinistas, profissionais voltados para a inclusão cultural de pessoas com deficiência, como intérpretes de libras, e outros profissionais de arte e cultura. Poderão se inscrever profissionais individuais ou grupos de profissionais, pessoas físicas ou jurídicas, maiores de 18 anos ou emancipadas. É preciso estar atuante na área de interesse, há dois anos, no mínimo, no município de Ponta Grossa.
De acordo com o edital, os proponentes habilitados ficam credenciados a fazer parte do banco de profissionais de arte e cultura da Secretaria Municipal de Cultura com validade até 31 de dezembro de 2024, estando aptos a receberem propostas de contratação nesse período. “Com esse edital, levamos arte e cultura para a comunidade e damos oportunidade para a classe artística local”, explica diretor do Departamento de Cultura da Secretaria, Carlos Phantasma. 

As inscrições devem ser feitas exclusivamente de forma online, neste link. Mais informações poderão ser obtidas pelo e-mail pontagrossa.cultura@gmail.com.

Profissionais do setor artístico-cultural podem se apresentar em ações no município

Acervo Municipal de Obras de Arte é inaugurado em Ponta Grossa

Foi inaugurado nessa terça-feira (dia 11), às 19h30, o Acervo Municipal de Obras de Arte, instalado em anexo ao Centro de Cultura. A cerimônia de entrega do espaço contou com a presença da prefeita Elizabeth Schmidt, do secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal e dos conselheiros do Conselho de Política Cultural. Também estiveram presentes artistas plásticos, alguns dos quais, autores de obras expostas. 

O espaço do acervo foi totalmente remodelado e adequado às necessidades para receber e fazer a guarda das mais de 700 obras de arte que pertencem ao Município. São trabalhos adquiridos ao longo da história da cidade, como resultado de premiações, aquisição em salões de arte, de concursos e editais, ou doadas por artistas. 

De acordo com a prefeita Elizabeth Schmidt, este é um projeto de grande importância e que contou com colaboração coletiva. “O poder Legislativo, o poder Executivo e a iniciativa privada estiveram unidos em prol do bem comum, de fazer com que esse espaço realmente acolhesse um acervo riquíssimo”, explica. A prefeita também considera que o Acervo “é fruto do trabalho de todos que têm obras na galeria e dos servidores que trabalharam para que existisse a possibilidade de apresentar, para o grande público, a forma como esses artistas enxergam as belezas naturais e culturais de Ponta Grossa”.

O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal considera que acervos não são importantes apenas para guardar e preservar obras, mas para documentar, contar, problematizar e retomar histórias. “Por essas salas, a partir de hoje, compartilham-se vidas, memórias e constroem-se as artes visuais sob efeito do tempo. Todo esse espaço terá uma função social, garantindo que o público tenha acesso às artes, o que lhes é de direito. É de todos, para todos”, conclui. 

De acordo com a curadora do espaço, Mariângela Digiovanni, ao longo do tempo, as obras tiveram “momentos difíceis de conservação, por falta de espaço e de condições adequadas para mantê-las”. Na atual gestão, surgiu a proposta de fazer a galeria do Acervo, que pode ser mostrado ao público mas, principalmente, para as obras terem condições adequadas de preservação. Mariângela comemora: “Pela primeira vez, após ter aumentado consideravelmente o número de obras deste acervo, alguém teve olhos para os grandes problemas, principalmente da conservação. É um momento histórico para as artes visuais de Ponta Grossa”. 

As obras de arte estão expostas adequadamente, depois de passar por uma curadoria. Muitas peças ainda precisam de restauro, trabalho que continuará a ser feito.

Prefeita Elizabeth Schmidt e secretário Alberto Portugal inauguram o Acervo
Acervo expõe de forma adequada as mais de 700 obras do Município

Prefeitura inaugura Acervo Municipal de Obras de Arte

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura, inaugura no dia 11 (terça-feira) o ‘Acervo Municipal de Obras de Arte’. O espaço foi remodelado para realizar a guarda das mais de 700 obras de arte que pertencem ao Município. A solenidade de inauguração está marcada para as 19h30, com a presença da prefeita Elizabeth Schmidt, do secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal e dos conselheiros do Conselho de Política Cultural. 

A nova unidade cultural foi instalada em anexo ao Centro de Cultura, na Rua Augusto Ribas, 722. “O objetivo do espaço é oferecer acesso à comunidade para conhecer as obras e para realização de estudos e ações educativas, destinando mais um espaço especificamente às artes visuais”, explica o secretário Alberto Portugal.

O acervo conta com obras adquiridas ao longo da história da cidade, como resultado de premiações, aquisição em salões de arte, de concursos e editais, ou doadas por artistas. 

De acordo com a curadora do espaço, Mariângela Digiovanni, ao longo do tempo, as obras tiveram “momentos difíceis de conservação, por falta de espaço e de condições adequadas para mantê-las”. Na atual gestão, surgiu a proposta de fazer a galeria do Acervo, que pode ser mostrado ao público mas, principalmente, “para as obras terem saúde, porque elas precisam respirar e ter condições adequadas de preservação”, explica Digiovanni.

No Acervo de Obras de Arte do Município, as pinturas estão expostas adequadamente depois de passar por uma curadoria. “O observador terá condições de absorver a beleza de cada quadro. Ficou maravilhoso o espaço”, comemora a curadora, lembrando que muitas peças ainda precisam de restauro, trabalho que continuará a ser feito.

Espaços culturais

A Prefeitura inaugurou, em 2021, o Setor de Artes Visuais do Ponto Azul, com ateliê e salas de exposições. Recentemente, também deu à coletividade o Centro de Criatividade, voltado à prática criativa. Agora, a proposta é que nesse novo espaço as obras possam ficar armazenadas em exposição permanente, além de ser um espaço de tratamento daquelas com patologias.

Acervo Municipal de Obras de Arte foi instalado no prédio do Centro de Cultura

Prefeitura inaugura o Centro de Criatividade

A Prefeitura de Ponta Grossa inaugurou, nesta quinta-feira (30), o Centro de Criatividade, espaço dedicado ao desenvolvimento de atividades e projetos culturais da comunidade. A nova unidade cultural fica localizada na antiga sede da banda Lyra dos Campos, em frente a Praça do Expedicionário. 

“A democratização e difusão cultural são essenciais para que continuemos avançando e para que a comunidade tenha, cada vez mais, acesso aos materiais produzidos por este setor tão importante da nossa cidade. A inauguração deste Centro de Criativa é mais um passo em direção ao fortalecimento e ao reconhecimento que nossos artistas,  de hoje e do futuro, merecem.  Fico extremamente feliz com esse novo espaço e reforço o compromisso de seguirmos atuantes no fomento à cultura da nossa cidade”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt. 

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, a revitalização do local busca oferecer uma espécie de oficina criativa dividida em dois amplos ambientes para a população. Ele também conta  que todos os materiais e itens que se encontram no local foram recuperados e reaproveitados, ganhando novas aparências e finalidades. 

“Nosso principal objetivo é oferecer um local propício para o desenvolvimento de projetos, cursos, rodas de discussão, reuniões alternativas, entre outros, utilizando o  conceito criativo que envolve o reaproveitamento e ressignificação de materiais e utilizados e disponibilizados no prédio, que já abrigou a banda Lyra dos Campos e é um importante marco na paisagem central do Município”, aponta. 

O Centro de Criatividade é chancelado pelo ecossistema ‘Vale dos Trilhos’, projeto do Município voltado para o desenvolvimento de atividades de inovação. 

Em breve devem ser abertas agendas de cursos e de utilização dos espaços pelos grupos interessados.

Da Assessoria

SMC realiza chamamento público para compor banco de dados de avaliadores

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), divulga o Chamamento Público 002/2023 para seleção de avaliadores, pessoas físicas, para análise dos projetos culturais inscritos nos editais da SMC e do Fundo Municipal de Cultura. As inscrições estão abertas até as 23h59 do dia 2 de abril, exclusivamente neste site.

Os interessados podem se inscrever para prestar serviços em uma ou mais das seguintes áreas: Artes Cênicas; Artes Visuais; Audiovisual; Literatura, Livro e Leitura; Música; Patrimônio Cultural (material e imaterial); Povos, comunidades tradicionais e culturas populares; e Produção cultural.

O trabalho a ser executado pelos avaliadores contratados envolve análise de mérito; emissão de pareceres técnicos de produtos ou projetos culturais; lançamento de notas do mérito; revisão de parecer técnico, notas e considerações, com base nos eventuais recursos apresentados. Para o diretor do Departamento de Cultura da SMC, Carlos Phantasma, “a formação do banco de avaliadores é importante porque demonstra que todos os processos da Secretaria são feitos de maneira transparente, com isenção, sem a presença de artistas e agentes locais”.

Esclarecimentos sobre o regulamento podem ser prestados pelo Departamento de Cultura. As questões deverão ser enviadas para o e-mail pontagrossa.cultura@gmail.com. REQUISITOS EXIGIDOS Poderão compor o Banco de Dados de Pareceristas os interessados que preencherem os seguintes requisitos:

a) Ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) Não residir atualmente em Ponta Grossa;

c) Ter idade mínima de 18 anos, no ato da inscrição;

d) Possuir, no mínimo, três anos de experiência na área cultural pleiteada;

e) Ter concluído, no mínimo, cursos de nível médio ou equivalente;

f) Para pareceristas ligados ao Patrimônio Cultural Material: ser formado em Arquitetura e Urbanismo, com experiência em patrimônio ou ser pós-graduado em curso voltado ao patrimônio cultural;

g) Para pareceristas ligados ao Patrimônio Cultural Imaterial e Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares: ser formado em Antropologia, ou ser pós-graduado em curso voltado ao patrimônio cultural, ou possuir experiência comprovada na área, ou ser formado em História ou Geografia, com comprovação de experiência na área.

Prefeitura oferece Oficinas de Artes Visuais gratuitas

Estão abertas as inscrições para Oficinas de Artes Visuais da Prefeitura de Ponta Grossa, ofertadas através da Secretaria Municipal de Cultura. O projeto é gratuito e aberto para todas as idades. As atividades tiveram início neste mês e seguem até o final do ano no espaço do Ponto Azul.

De acordo com Mariângela Digiovanni, gerente do setor de Artes Visuais da Secretaria Municipal de Cultura, e responsável pelo projeto, as oficinas vão trabalhar com tinta guache sobre papel, composição de cores e leituras de obras que desenvolvam a percepção sobre arte. Também são programadas visitas à exposições. “Oferecemos, com essas atividades, a oportunidade das pessoas conhecerem mais sobre arte e desenvolveram suas habilidades e criatividade”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

São duas possibilidades de horários: quartas-feiras, das 14h às 16h, ou sextas-feiras, das 9h às 11h. As inscrições podem ser feitas diretamente no Ponto Azul ou através do site da Secretaria, no endereço: https://forms.gle/HBmZSLj31krjxS6w8.

Inscrições abertas para 4ª edição do PROMIFIC

O Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (PROMIFIC) está em sua 4ª edição e continua possibilitando a pessoas e empresas incentivarem projetos culturais de artistas de Ponta Grossa através de renúncia fiscal, encaminhando até 60% do IPTU para os projetos aprovados. É um dos mecanismos de financiamento à cultura previstos no Plano Municipal de Cultura de Ponta Grossa (Lei 13.026/2017). Foi criado pela Lei 13.526/2019 e regulamentado pelo Decreto 16.675/2019. Nessa edição de 2022 serão atendidos 14 projetos de R$16.000, cinco de R$25.000 e cinco de R$54.000, totalizando em 24 projetos.

As inscrições se encerram dia 20 de novembro. Para maiores informações clique aqui.

Prefeitura abre inscrições para editais de Cultura

No total, serão 11 editais de sete segmentos artísticos, que totalizarão R$ 420 mil em prêmios por meio do Fundo Municipal de Cultura
por Assessoria
A Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e o Conselho Municipal de Política Cultural, abriu o prazo de inscrição para 11 editais de sete segmentos artísticos: literatura, dança, teatro, música, artes populares, cine-foto-vídeo e artes visuais, que terão premiações com recursos do Fundo Municipal de Cultura. “Os editais são instrumentos importantes para a circulação de espetáculos, produção de conteúdo e democratização do acesso à cultura em Ponta Grossa”, afirma a prefeita Elizabeth Schmidt.
Conforme o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, os editais, lançados anualmente pela Secretaria e Conselho de Cultura, são fundamentais para fomentar o cenário cultural na cidade. “Através da sensibilidade dos conselheiros, os editais foram elaborados de uma forma a desburocratizar e oportunizar que mais artistas possam ser atendidos”, frisa.
A ação atende às políticas culturais do Município aprovadas nas Conferências Municipais de Cultura e estabelecidas pelo Plano Municipal de Cultura. Cada edital vai premiar com o valor de até R$ 60 mil oriundos do Fundo Municipal da Cultura, e que será dividido entre as categorias. O objetivo, explica o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, é estimular a produção em diferentes segmentos, além de contribuir na formação de plateia e na difusão da produção cultural. Assim, com o resultado dos editais, serão promovidas exposições, mostras, ações educativas como oficinas e palestras, produção de curtas-metragens, movimentando ainda mais o setor cultural em Ponta Grossa.
Confira todos os editais disponíveis
Seleção de obras literárias
Concurso para circulação de espetáculos de música
Concurso para circulação de espetáculos de dança
Concurso para circulação de espetáculos de teatro
Seleção de projetos culturais para difundir os povos, comunidades tradicionais e a cultura popular de Ponta Grossa
Seletiva de apoio a projetos de cine-foto-vídeo ponta-grossenses
Seletiva de apoio a projetos de curta-metragens ponta-grossenses
12º Salão de Artes Visuais de Ponta Grossa
Phote – photografia estudantil
InterInvenções Urbanas
Ponta Grossa 200 anos

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Secured By miniOrange