Grupo de Teatro de Ponta Grossa inicia temporada da peça “O que o Mordomo Viu”

O Grupo de Teatro de Ponta Grossa (GTPG) apresenta a peça “O que o Mordomo Viu”, escrita pelo autor inglês Joe Orton, com direção de Emerson Rechenberg. A estreia acontece neste sábado (01), às 20 horas, no Auditório A do Cine Teatro Ópera. A classificação indicativa é 18+ e o ingresso é solidário: um quilo de alimento ou um agasalho.

Com uma construção farsesca, o espetáculo retrata, com fina ironia, um dia no cotidiano de uma clínica psiquiátrica britânica na década de 1960, a partir da visão típica do humor inglês: ácida e sutil. O título faz referência a uma das maiores instituições britânicas que é o mordomo, profissional conhecedor de todos os pecados de uma família e fiel depositário dos segredos.

Em cerca de uma hora e meia, o texto, escrito em 1967, vai conduzindo o público a refletir sobre temas espinhosos, como a própria abordagem das doenças mentais, a hipocrisia, o preconceito e as mazelas de certos setores da sociedade, que ainda continuam atuais.

O diretor destaca que esta é a primeira montagem brasileira desse texto, seguindo os moldes em que foi escrito. “É um espetáculo provocativo e até mesmo incômodo e desconfortável em alguns momentos”, avalia.

Uma das propostas inovadoras da direção é a utilização de um elenco formado por seis atrizes, que interpretam os quatro papéis masculinos e os dois femininos da trama.

“A peça traz algumas situações nas quais o local de fala pertence à mulher, por isso esta escolha”, conta Emerson.

A apresentação integra a programação da Virada Cultural de Ponta Grossa, realizada pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura. Depois da estreia, o espetáculo volta ao palco do Ópera nos  dias 1º e 2 de agosto.  

Atuam no espetáculo: Ana Cláudia Gambassi, Dadá Munhoz, Nadhine Rios, Natalie Fronczak, Vivian Bueno e Viviane Oliveira. A iluminação é de Bya Paixão, figurinos de Evlin Frandoloso, cenário de Nessandra Cordeiro e assistência de direção de Camila Leria. 

O Grupo de Teatro de Ponta Grossa é um dos corpos estáveis mantidos pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.

Virada Cultural abre a agenda de julho

Nos dias primeiro e dois de julho, a Ponta Grossa vai receber mais uma edição da Virada Cultural. O evento que foi realizado pela primeira vez em 2013, retorna agora e promete momentos de descontração e alegria. Neste ano, a Virada acontecerá no Calçadão Coronel Claúdio, que será palco de diversas atrações. O evento é uma promoção da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura. Toda a comunidade está convidada a participar.
Com horários diferenciados, o primeiro dia tem início a partir das 16h00, seguindo até às 22h00. Já no dia 02, as atividades começarão mais cedo, às 10h00, e se estendem até as 19h00. Durante esse período, a rua Sete de Setembro, no trecho entre a Avenida Vicente Machado e a Rua do Rosário, estará fechada , proporcionando um ambiente seguro e acolhedor para os participantes e seus familiares.
O palco principal do evento leva o nome do artista Flávio Fanucchi, que faleceu em janeiro de 2023. A homenagem reverencia a trajetória do multifacetado artista que marcou sua carreira nas artes e na cultura de Ponta Grossa. A programação variada atenderá todas as idades, contando com música, teatro e contação de histórias. Todos os artistas que se apresentarão são locais.
“A Virada Cultural é uma grande celebração às artes e à cultura de nossa cidade, oportunidade para a população conhecer mais e se encantar com os artistas locais, ocupando o espaço urbano durante a programação dos 200 anos”, ressalta o Secretário Municipal de Cultura, Alberto Portugal. As atividades e apresentações são gratuitas para a população.
Também durante a programação da Virada Cultural, o Cine-Teatro Ópera receberá a estreia do Espetáculo de 2023 do Grupo de Teatro de Ponta Grossa: a comédia de Joe Orton, O que o Mordomo Viu, com direção de Emerson Rechemberg, com classificação indicativa de 18 anos e ingressos a 1kg de alimento não perecível.
Programação:

  • Dia 1º de julho (sábado)
    17h – Curly’s Band. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    18h – DJ Lelo. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    19h – Cantor Maick. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    20h – GTPG: O que o mordomo viu. Local: Cine-Teatro Ópera
    21h – Cantor Raylan Marinho. Local: Calçadão Coronel Claúdio
  • Dia 02 de julho (domingo)
    10h – Cantor Anthonny e Amaury. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    11h – Caravana da Cultura. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    14h – Cantores Brida e Romildo. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    15h – Peça do palhaço Olirrô – O pintor. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    16h – Cantor Anderson Black. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    17h – Banda Bananeira Brass. Local: Calçadão Coronel Claúdio
    18h – Banda Chave de Mandril. Local: Calçadão Coronel Claúdio

Conferência Municipal escolhe novos conselheiros e mostra a dinâmica da área em Ponta Grossa

A 23ª Conferência Municipal de Cultura, realizada no início dessa semana (dias 29 e 30) definiu os nomes dos novos conselheiros do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC). O evento reuniu representantes de todos os segmentos artísticos culturais da cidade no Cine-Teatro Ópera e serviu também para mostrar o que tem sido feito nesse segmento em Ponta Grossa e para a apresentação de propostas. 

O objetivo da Conferência, segundo o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, foi de “fortalecer o diálogo com os fazedores de cultura do município, além de levantar propostas para a construção de políticas públicas mais eficazes e, assim, fortalecer ainda mais a cultura ponta-grossense”. O propósito também é de atender toda a comunidade de Ponta Grossa, a partir de propostas que possam aproximar cada vez mais as produções culturais da população.

A Conferência deste ano teve um formato diferente, uma vez que as proposições foram encaminhadas com antecipação por formulário digital. A partir do recebimento, o Conselho Municipal de Política Cultural compilou todas as propostas, sintetizando as similares. “O objetivo foi otimizar o tempo da Conferência ao juntar proposições iguais”, explica o secretário. 

Na primeira noite aconteceu a abertura da exposição ‘Múltiplas Cenas’ e uma apresentação da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa. O secretário Municipal de Cultura (SMC) e presidente do CMPC, Alberto Portugal, fez a prestação de contas das atividades da Secretaria. Ele destacou o incremento das atividades ao longo dos primeiros 879 dias de atuação da atual gestão. Nesse período, o foco se deu sobre cinco premissas centrais: Patrimônio Cultural; Fomento, Incentivo e Apoio; Fortalecimento dos Setores; Lazer, Entretenimento e Alegria; e Pesquisa, Educação Cultural e Inclusão. 

O secretário apresentou um mapa com a espacialização das ações culturais dentro e fora do centro da cidade, bem como a constituição de futuros polos de difusão cultural. Também explicou como funciona o orçamento do setor da Cultura, o Planejamento Estratégico de 2023 e a distribuição desses recursos no ano passado. Entre os pontos abordados pelo secretário, destacam-se a reestruturação de unidades culturais; apoio fomento e incentivo à cultura; eventos culturais; geração e manutenção de bolsas em trabalho cultural; realizações de ações descentralizadas; eventos de entretenimento, manutenção de programas, folhas de pagamento, apoio a ações de terceiros – públicas, gratuitas e com objetivo cultural.

Durante a prestação de contas, o secretário Alberto Portugal também lembrou que Ponta Grossa faz parte do grupo das sete maiores cidades do Paraná. Também se ocupa uma vaga no Conselho Estadual de Cultura (Consec), AMCG e do fórum estadual de Gestores de Cultura. Depois, detalhou todas as atividades realizadas pela Secretaria.

NOVOS CONSELHEIROS

Durante a 23ª Conferência Municipal de Cultura foram apresentadas diversas propostas para o setor cultural e eleitos os novos conselheiros para o próximo biênio. Foram escolhidos: Wilton Correa Paz (Artes Visuais), Ana Cláudia Ferreira Gambassi (Teatro e Circo), Maria Luíza Cavasoti (Artes Populares), Victor Emmanuel Carbonar (LGBTQIAP+), Aymê Alves (Afro brasilidades e Povos Originários), Pamela Schamne (Dança), Everson Pontes (Carnaval), Thaís Cristina dos Santos (Audiovisual), Julia Margarida Kalva (Literatura) e Álvaro Bueno (Música).

Fotos dia 03 da 37ª Semana da Cultura Bruno e Maria Enei – Vir para ver

Registros do terceiro dia da 37ª Semana da Cultura Bruno e Maria Enei – Vir para ver, onde houve, no Cine-Teatro Ópera, multiplas performances de artistas locais junto ao show da Drag Queen Cindy Cindy, em seguida o Grupo de Teatro de Ponta Grossa apresentou a peça ” A Máquina de Somar”.

23ª Conferência Municipal de Cultura acontece nos dias 29 e 30 deste mês

Será realizada dias 29 e 30 deste mês a 23ª Conferência Municipal de Cultura, no Cine-Teatro Ópera. Nos dois dias, as atividades iniciam às 20 horas. A promoção é do Conselho Municipal de Política Cultural, através da Secretaria Municipal de Cultura.

O objetivo da Conferência, segundo o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, é “fortalecer o diálogo com os fazedores de cultura do município, além de levantar propostas para a construção de políticas públicas mais eficazes e, assim fortalecer ainda mais a cultura ponta-grossense”. O propósito das atividades visa atender, também, toda a comunidade de Ponta Grossa, a partir de propostas que aproximem cada vez mais as produções culturais da população.

A Conferência deste ano tem um formato diferente, uma vez que as proposições devem ser encaminhadas com antecipação por formulário digital. A partir do recebimento, o Conselho Municipal de Política Cultural vai compilar todas as propostas, sintetizando as similares. “O objetivo é otimizar o tempo da Conferência ao juntar proposições iguais”, explica o secretário. 

As proposições devem ser enviadas, necessariamente, até o dia 29 no endereço: https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/formularios/propostas_conferencia_de_cultura#overlay-context=user/182

CENSO CULTURAL

  A Conferência Municipal de Cultura é anual e de dois em dois anos elege os novos conselheiros. Para se candidatar a uma das vagas de conselheiro é preciso se inscrever no Censo Cultural até o dia 27 e estar presente na conferência no dia 29. Também é obrigatório responder ao Censo para poder votar. 

O cadastro e participação no Censo Cultural de 2023 deve ser feito no site da Secretaria de Cultura, no endereço: https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/censo-cultural-2/. Mesmo quem preencheu o censo anterior deve participar desse novo banco de dados.

37ª Semana da Cultura é aberta oficialmente

Foi aberta na noite de ontem (terça, 16) a 37ª Semana da Cultura Bruno e Maria Enei. A solenidade aconteceu na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco. A promoção é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura, dentro dos eixos ‘Legados Intelectuais’ e de ‘Memória e Identidade’ da programação dos 200 anos de Ponta Grossa. 

A abertura, em uma Concha Acústica revitalizada, com nova pintura e iluminação, teve a apresentação da Banda Lyra dos Campos, que levou muita música ao público presente. O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, lembrou que a ‘Semana da Cultura’, acontece ininterruptamente desde 1986 e homenageia os professores Bruno e Maria Enei, figuras de grande importância para a cultura de Ponta Grossa e dos Campos Gerais.

Com o tema ‘Vir para ver’, o evento deste ano oferece uma experiência diferente para o público. As atrações só serão conhecidos na hora e local previstos, sem divulgação anterior. “A única garantia é que as atrações foram preparadas com muito carinho para todas as idades e são totalmente gratuitas. Fica o convite para toda a comunidade estar conosco nesta programação e se encantar com a produção artístico-cultural local”, destaca o secretário Alberto Portugal. 

A programação vai até domingo, dia 21, sempre no Cine-Teatro Ópera. Hoje (quarta, 17), a 37ª Semana da Cultura prossegue, a partir das 20 horas, no Palco A. Mesmo horário e local para as apresentações de quinta e sexta. Já no sábado (20), além desse horário, também haverá uma atração anterior (às 19 horas) no Palco B. A Semana da Cultura será concluída no domingo (21) com início um pouco mais cedo, às 19h30. 

37ª Semana da cultura começa nesta terça

Será aberta nesta terça (16) a 37ª Semana da Cultura Bruno e Maria Enei. Com o tema “Vir para ver”, o evento deste ano oferecerá uma experiência diferente para o público. As atrações só serão conhecidos na hora e local previstos, sem divulgação anterior. A programação acontece entre os dias 16 e 21 deste mês (terça a domingo). A promoção é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.

Evento mais tradicional do calendário municipal, a Semana da Cultura acontece ininterruptamente há 37 anos. Conforme lembra o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, o objetivo principal é a formação de plateia, dentro dos eixos ‘Legados Intelectuais’ e de ‘Memória e Identidade’ na programação dos 200 anos de Ponta Grossa. 

De acordo com Alberto Portugal, a proposta pensada para este ano pretende provocar surpresa ao público a partir de uma “experiência às cegas”, na qual a plateia não saberá qual será a atração, apenas irá ao local e horário definidos e lá, então, vai se deparar com um concerto, uma peça de teatro ou outra forma de arte. “A proposta é baseada em um novo conceito que tem surgido em áreas como gastronomia e turismo e que agora vai ganhar espaço na cultura. É o ato de consumir cultura sem ter uma prévia do que vai assistir”, explica. 

Alberto Portugal explica ainda que será uma Semana da Cultura repleta de códigos e surpresas para que o público compreenda o consumo cultural sem uma concepção inicial do ídolo, daquele artista, estilo ou arte preferida. Dentro dos objetivos de formação de plateia, destaca o propósito de ir ao teatro, à galeria, vivenciar a experiência cultural pela arte, sem saber o que vai assistir. 

DATAS E LOCAIS

A abertura da Semana da Cultura acontece na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, que foi revitalizada, recebendo pintura e nova iluminação. A solenidade acontece a partir das 18h30. Todo restante da programação será realizada no Cine-Teatro Ópera. Dias 17, 18 e 19 (quarta a sexta) as atrações terão como espaço o Palco A, com início às 20 horas. Já no sábado (20), além desse horário, também haverá uma programação anterior (às 19 horas) no Palco B. A Semana da Cultura será concluída no domingo (21) com início um pouco mais cedo, às 19h30. 

A programação da 37ª Semana da Cultura Bruno e Maria Enei foi pensada com classificação de indicação livre, para todas as idades. “A proposta é que famílias e grupos venham aos nossos espaços culturais e se encantem com toda a programação, muito especial, pensada dentro dos 200 anos de Ponta Grossa”, finaliza o secretário.

Concha acústica recebe a abertura da Semana da Cultura
SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Pular para o conteúdo Secured By miniOrange