Festival de Música

Ponta Grossa entrou, definitivamente, para o circuito dos grandes festivais de música no Brasil com o Festival de Música de Ponta Grossa. O evento iniciou em 2008 com masterclasses, oficinas e recitais voltados à música instrumental e erudita. Desde então, todos os anos a cidade recebe vários professores e músicos para participar do evento, ensinando novas técnicas e experiências musicais aos alunos do Conservatório Maestro Paulino e apreciadores.

Com realização exclusiva da Fundação Municipal de Cultura desde sua 7ª edição, o Festival de Música tem o objetivo de promover um intercâmbio cultural, difundindo a música para toda a população da região dos Campos Gerais, além de promover a cidade de Ponta Grossa como destino turístico na área cultural.

Atualmente, a extensa programação reúne a música erudita (em concertos e recitais) e popular (shows, apresentações na rua, praças, shopping, entidades sociais, escolas, asilos, penitenciárias, terminais de ônibus, rodoviária etc). O evento conta ainda com oficinas e masterclasses de diversos instrumentos musicais, canto e musicalização infantil, trazendo professores com reconhecimento nacional para a cidade, e ações formativas como debates e mostra de cinema.

Nos últimos anos tem ofertado mais 50 atrações locais e nacionais a cada edição, com público que ultrapassa a marca de 35 mil pessoas alcançadas (presenciais e por meio de transmissões ao vivo). É hoje um dos maiores eventos culturais da região, reconhecido nacionalmente por sua abrangência, formação, atrações de qualidade e grandes estruturas.

Palco Novas Sonoridades

Desde 2016 já passaram pelo Palco Novas Sonoridades 39 atrações, de várias partes do país: Marcelo Jeneci (Rio de Janeiro), Scalene (Brasília), Bixiga 70 (São Paulo), O Terno (São Paulo), francisco, el hombre (São Paulo), Luiza Lian (São Paulo), Grand Bazaar (São Paulo), Carne Doce (Goiânia), Selvagens à Procura de Lei (Fortaleza), Dingo Bells (Porto Alegre), Bandinha Di Da Dó (Porto Alegre), Orquestra Manancial da Alvorada (Florianópolis), Dandara Manoela (Florianópolis), Buguinha Dub (Olinda) e Terra Celta (Londrina), além das curitibanas A Banda Mais Bonita da Cidade, Trombone de Frutas, Confraria da Costa, Gringo’s Washboard Band, Relespública, Central Sistema de Som e Machete Bomb.

O espaço para a música autoral produzida em Ponta Grossa também sempre esteve garantido, passando pelo palco as atrações Cadillac Dinossauros, Alexandre Mello, Solana Dub, Apologia Sul, Brother Soul, Geordani Castilho, A Coisa, Dr. Skrotone & a Máfia do Ska, Índigo, Chave de Mandril, Mantrio, Big Fish Blues, Ursos Caipiras, Trovadores Celtas, hoovaranas, MUM, Jerimoon.

Acesse o relatório das edições de 2017, 2018 e 2019 do Festival de Música clicando aqui.

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA