Fotos: Coral das Meninas Cantoras “As rosas não falam” (12.06.24)

No Dia dos Namorados, 12 de junho, o Coral das Meninas Cantoras presenteou o público do Cine-Teatro Ópera com uma linda apresentação especial. “As Rosas não falam” trouxe um repertório romântico, com vários músicos convidados, além de declamações das meninas entre as músicas.

Fotos: Caroline Dumas

Fotos: E aí? Nós vamos invadir AI com Banda Lyra dos Campos (12.06.2024)

Invasões Culturais são ações de formação de público que começaram nessa quarta, dia 12. Durante cinco meses os grupos municipais estarão apresentando pequenos concertos e espetáculos em locais não-convencionais para chamar a atenção da comunidade, às causas das artes e da cultura. A Banda Lyra dos Campos posicionou-se no Calçadão Coronel Cláudio pela tarde e apresentou seu repertório chamando a atenção de quem estava no comércio local. E aí? Qual será a próxima invasão?

Fotos: Caroline Dumas

Fotos: Mostra de Canto popular e lírico “Do mar vem ecos de amor”(10.06.2024)

Na noite de segunda, dia 10, o Conservatório Maestro Paulino realizou a mostra de canto popular e lírico “Do mar vem ecos de amor”, sob orientação do Professor João Luiz. As apresentações contaram com a participação do Coro Cidade de Ponta Grossa e da CIA de Dança de Ponta Grossa.

Fotos: Caroline Dumas

Prefeitura entrega Prêmios Culturais 2024 nesta terça


Premiação acontece durante a 24ª Conferência Municipal de Cultura, que acontece hoje e amanhã

Será realizada na noite desta terça-feira (dia 28) a entrega dos Prêmios Culturais 2024 para artistas que têm se destacado em diversos segmentos culturais, na cidade. A cerimônia de premiação acontece dentro da programação da 24ª Conferência Municipal de Cultura, realizada no Cine-Teatro Ópera. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Política Cultural. O evento inicia às 19 horas.

Os prêmios culturais são entregues anualmente, desde 1984. O objetivo é reconhecer e incentivar o trabalho e homenagear cidadãos que tenham contribuído para a difusão e desenvolvimento da cultura na cidade de Ponta Grossa. A premiação abrange artes populares, literatura, artes visuais, música, dança, teatro, além de mérito cultural. “O Conselho Municipal de Política Cultural reconhece as pessoas escolhidas nesta edição como importantes protagonistas na cultural local, por sua história de luta pela manutenção das artes, da identidade e da cultura. Por isso, nós ficamos muito felizes em participar deste importante momento”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal. 

Ao todo, são oito premiações que serão entregues na noite de amanhã, em diferentes segmentos. O Prêmio Roselei do Rocio Manoel – de artes populares, será entregue ao rapper Ismael Gueg; o Prêmio Anita Philipovsky, de literatura, irá para a escritora Dione Navarro; o Prêmio João Pilarski, de artes visuais, será recebido pela artista plástica, Simone Alvares; Prêmio Jacob Holzmann, de música, para o músico Newton Schner Jr.; Prêmio Emma Sintani, de dança, para o coreógrafo Guilherme Tupich; e Prêmio José Fernandes Cadilhe, de teatro, para o dramaturgo e ator Gabriel Vernek.

Os prêmios culturais 2024 também contam com o Mérito Cultural Ribas Silveira, que vai para Jackson Willian Pluskota, desenvolvedor e programador de jogos digitais. A noite reserva ainda um prêmio especial, in memorian, para DJ Toom, Vanderson Antônio de Oliveira, falecido recentemente.

Fotos: 38ª Semana da Cultura (10.05.2024)

Na penúltima noite da 38ª Semana da Cultura, o Coral de Todos Juntos apresentou “Cantos e Acalantos”, trazendo mãe e filha para o palco do Cine-Teatro Ópera. Este coral, como muitos outros, faz parte do Satélite Cultural, oferecendo aulas gratuitas a comunidade.

Fotos: Caroline Dumas

Aberto edital para o Projeto Sexta às Seis


Sexta às Seis abre espaço para bandas locais e leva música gratuita para a comunidade

Encontra-se aberto o edital de chamamento público para o credenciamento de grupos, conjuntos e bandas interessadas em participar do Projeto Sexta às Seis 2024. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de maio, exclusivamente pela internet, no endereço cultura.pontagrossa.pr.gov.br. O projeto é desenvolvido anualmente pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). 

O Secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, lembra que o Sexta às Seis “tem como objetivo principal divulgar e incentivar a produção musical local, promovendo, assim, o intercâmbio cultural entre os artistas além de proporcionar cultura gratuita para toda comunidade”. Serão contratadas 20 bandas, num valor total de R$ 70 mil, distribuídos equitativamente. Cada grupo receberá R$ 3,5 mil pela apresentação. As inscrições são gratuitas.

A participação no Sexta às Seis 2024 é facultada a músicos residentes em Ponta Grossa há no mínimo seis meses. Os inscritos serão selecionados por uma banca. Podem se inscrever grupos, conjuntos e bandas de diferentes estilos musicais com três ou mais integrantes, incluindo DJs. Deve ser definido um representante, pessoa física, maior de 18 anos ou emancipada, que será o proponente na inscrição e assumirá as responsabilidades pelo grupo no decorrer do edital. O representante precisa, obrigatoriamente, integrar a banda como músico. 

O projeto Sexta às Seis 2024 acontecerá às sextas-feiras, no Parque Ambiental ou em outro local, a ser definido pela SMC, de acordo com as necessidades e agenda, a partir de junho. A reunião para definir datas e ordem de apresentação acontece no dia 3 de junho, na sede da Secretaria. Divulgação do calendário será feita no site cultura.pontagrossa.pr.gov.br. 

Orquestra Didática chega a Ponta Grossa

Visitantes podem interagir com as telas e ouvir os sons dos diferentes instrumentos.

Depois de uma bem sucedida temporada em Curitiba, a ‘Orquestra Didática’ inicia uma série de apresentações em outras cidades do Paraná e de Santa Catarina, sempre com entrada gratuita. Ponta Grossa é o primeiro município a receber o projeto, que aqui na cidade conta com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura. 

A Orquestra Didática consiste em uma instalação artística que mostra, em telas de TVs e caixas acústicas, o som de cada instrumento em uma orquestra, separadamente, ao mesmo tempo em que apresenta conteúdos didáticos sobre música orquestrada nas telas. A comunidade poderá visitar a instalação entre os dias 23 e 27 de abril, e de 30 de abril a 4 de maio, das 10h às 12h e das 13h  às 17h, no Centro da Música. Escolas e grupos de pessoas podem agendar visitas pelo telefone  (41) 98882-1853. A música executada é a Sinfonia nº 3 de Ludwig van Beethoven, conhecida como Eroica. Em suas primeiras etapas de apresentações, em Curitiba, a iniciativa recebeu mais de 6.300 visitas, entre turistas, famílias, alunos de escolas públicas e privadas, músicos e demais interessados em aprender mais sobre a música orquestrada de uma forma diferente.

Como teve início o projeto
A vontade de mostrar como é criada a orquestração, com o som individual de cada instrumento durante um sinfonia (música composta para ser tocada por uma grande orquestra) foi a ideia que deu origem ao projeto, segundo o idealizador Samuel Ferrari Lago. “Ao ouvirmos uma sinfonia como a Eroica, temos a ideia da música como um todo. Por meio desta instalação, é possível perceber não só a sonoridade, mas a importância de cada instrumento”, comenta Samuel. Além do conhecimento proporcionado, a Orquestra Didática é também um significativo passo para a valorização da música clássica, formação de público para música instrumental e incentivo ao estudo musical”, completa.
O projeto também é idealizado por Rodrigo Barros Del Rei, que junto de Samuel Ferrari Lago, é responsável pelo ‘Radiocaos’, programa cultural que está há 26 anos no ar, com atividades que ultrapassaram a esfera radiofônica para se tornar uma central de disseminação de arte, cultura e memória. “A Sinfonia nº 3, de Ludwig van Beethoven, é uma obra bastante popular, o que contribui para uma aproximação do público de todas as idades. Em Curitiba, recebemos muitas excursões de colégios e vimos as crianças interessadas, interagindo com os colegas sobre o que aprenderam”, relata.
Os conteúdos didáticos exibidos nos monitores de TV foram desenvolvidos pela professora Liana Justus, mestre em História pela UFPR, especialista em História da Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, pesquisadora e licenciada em Educação Musical e Curso Superior de Piano e autora de 11 livros sobre música (dois deles finalistas do Prêmio Jabuti de 2008 e 2011). “Eu trabalho com formação de plateia em música clássica há quase 30 anos. Sinto-me honrada e gratificada em participar da Orquestra Didática, esse projeto pioneiro e inovador. Os conteúdos que desenvolvi estão voltados para a finalidade de levar conhecimento sobre todos os instrumentos de uma orquestra. Isso enriquece a escuta e a sensibilidade musical”, avalia.
O projeto ainda passará pelas cidades paranaenses de Cascavel, Londrina (ambas em julho), Foz do Iguaçu (em agosto) e nas catarinenses Joinville e Florianópolis (datas a confirmar). A Orquestra Didática é uma realização da Mediacaos, com patrocínio do Colégio Positivo e apoio do Conservatório de Música Maestro Paulino e Radiocaos.

Serviço:
Orquestra Didática em Ponta Grossa
Datas: 23 a 27 de abril; e de 30 de abril 4 de maio
Horários: Das 10h às 12h e das 13h às 17h
Local: Conservatório de Música Maestro Paulino
Endereço: Rua Frederico Vagner, 150 – Olarias – Complexo Cultural Jovanni Pedro Masini (Ponta Grossa – PR)
Entrada gratuita
Agendamentos de visitas em grupos podem ser feitas pelo telefone 41 98882-1853

Fotos: Inauguração do Memorial da Música de Ponta Grossa (25/03/2024)

Ontem (25/03) foi um dia histórico para a Música com a inauguração do Memorial. Celebramos os artistas locais que deixaram sua marca na música. Um tributo a nossa história e inspiração para os jovens, deixando um legado para as futuras gerações. Um lugar onde os acordes do passado ecoam e inspiram os do futuro. Fotos: Liliane Mainardes

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Pular para o conteúdo Secured By miniOrange