Acervo Municipal de Obras de Arte passa a abrir ao público também aos sábados

O ‘Acervo Municipal de Obras de Arte’, a partir deste ano, passa abrir ao público também aos sábados, das 10h às 15h. O objetivo é oportunizar à comunidade mais um horário, no final de semana, para a visitação. Durante a semana, o espaço funciona das 9h às 18h. A unidade é mantida pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.
O Acervo funciona em anexo ao Centro de Cultura, na Rua Augusto Ribas, 722. Nele é feita a guarda das mais de 700 obras de arte que pertencem ao Município. O espaço oferece acesso à comunidade para conhecer as obras, realizar estudos e ações educativas. “Com a abertura aos sábados, estamos ampliando a oportunidade para que a comunidade local e também os visitantes de outras cidades tenham acesso ao acervo”, explica o secretário Alberto Portugal.
O acervo conta com obras adquiridas ao longo da história da cidade, como resultado de premiações, aquisição em salões de arte, de concursos e editais, ou doadas por artistas.

VILA HILDA
Desde janeiro, o Museu Municipal Aristides Spósito, que funciona na Mansão Vila Hilda, também está aberto ao público aos sábados, das 10h às 15h. Durante a semana, funciona das 9h às 18h.Nos dois espaços, a visitação é gratuita.

Exposições movimentam Ponto Azul e Acervo Municipal de Obras de Arte

O setor de artes visuais da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) está com três exposições abertas ao público na Unidade Cultural do Memorial Ponto Azul, e mais uma no Acervo Municipal de Obras de Arte. As mostras podem ser visitadas de segunda a sexta, das 8 às 17 horas, no Ponto Azul, e das 9 às 17 horas no Acervo.

No Memorial do Ponto Azul encontra-se aberta a exposição ‘Geogravuras de Ponta Grossa’, que apresenta trabalhos de alunos de uma oficina de xilogravura realizada pelo artista plástico e professor Fernando Bertani, através do Fundo Municipal de Cultura. A realização é da SMC e Conselho Municipal de Política Cultural.

Na mini sala pode ser visitada a exposição ‘Revivendo as Brincadeiras da Minha Infância’, de Lucas Auer Trentini.

Também no Ponto Azul continua a exposição ‘Salão 200 anos’, que reúne obras de diversos artistas locais. Eles retratam dois séculos da cultura e história de Ponta Grossa através de pinturas. Trata-se de uma viagem no tempo, que pode ser visitada até o dia 30 deste mês.

A Secretaria Municipal de Cultura também oferece ao público a exposição ‘Melodia em Traços’, resultado de produção de uma oficina de Sâmela Moreira. Essa se encontra no Acervo Municipal de Obras de Arte até o dia 17 deste mês.

O Memorial Ponto Azul fica na Praça Barão do Rio Branco, Centro. Já o Acervo Municipal de Obras de Arte fica na Rua Augusto Ribas, 722, em anexo ao Centro de Cultura, também no Centro.

Acervo Municipal de Obras de Arte recebe exposição ‘Trovas’

Será aberta nesta sexta-feira (dia 7), no Acervo Municipal de Obras de Arte, a exposição ‘Trovas’, de Maria Helena Oliveira Costa. A solenidade de abertura está marcada para as 19 horas. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa. 

A professora Maria Helena Oliveira Costa nasceu na cidade de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, mas está radicada há muitos anos em Ponta Grossa, onde é professora de Português, poetisa e trovadora de raro talento, além de declamadora. Chama atenção por seu timbre de voz claro e expressivo. Ela é sócia fundadora da Academia Ponta-Grossense de Letras e Artes (APLA) e representante de Ponta Grossa na União Brasileira de Trovadores (UBT). 

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Secured By miniOrange