Concerto ‘Duzentos’ leva história de Ponta Grossa para a praça

A comunidade ponta-grossense vai receber mais um grande evento no próximo final de semana. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, realizará o concerto  ‘Duzentos – a maior celebração de todos os tempos’, espetáculo que vai reunir música, dança e teatro, simultaneamente, além de projeções e luzes. Serão três apresentações, nos dias 15, 16 e 17, que vão acontecer, gratuitamente, na Praça Marechal Floriano Peixoto. O evento faz parte das comemorações dos 200 anos de Ponta Grossa.
As apresentações iniciarão sempre às 19h30 e terão a participação da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, do Coro Cidade de Ponta Grossa, Banda Lyra dos Campos, Coral das Meninas Cantoras, da Cia. Municipal de Dança, do Grupo de Teatro de Ponta Grossa, além de convidados. A direção é de Emerson Rechenberg.

O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, explica que será uma grande produção, com mais de 300 pessoas em cena. Com uma hora de duração, o ‘Duzentos’ vai contar passagens importantes da história da cidade. Para isso, será montado um enorme palco na praça com toda a estrutura de som, luz e projeção. “O concerto ‘Duzentos’ é um espetáculo multilinguagens, realizado com todos os corpos estáveis da Secretaria de Cultura. Os momentos históricos serão retratados com música, coreografias, projeções e diversos outros recursos”, antecipa Emerson Rechenberg.
É a primeira vez que um espetáculo acontece neste local e também a primeira vez que todos os grupos municipais estarão reunidos em cena, tornando a apresentação a maior celebração de todos os tempos.

Coro Cidade de Ponta Grossa faz homenagem a compositores locais

O Coro Cidade de Ponta Grossa vai apresentar uma homenagem aos compositores da cidade no espetáculo “Pontas Soltas”. A apresentação acontece no dia 26, próxima segunda-feira, a partir das 20 horas, no Cine-teatro Ópera, com entrada franca. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e faz parte da programação de 200 anos de Ponta Grossa.

De acordo com o regente do coro, Édi Marques, ‘Pontas Soltas’ trata da música local, que é “colorida, diversa e potente”. O coro ‘Cidade de Ponta Grossa’ selecionou compositores para homenagear o município em um concerto cênico que valoriza os processos artísticos. “Quando dizemos que temos que amarrar as pontas soltas, queremos dizer que temos que arrumar os detalhes, resolver pendências em algo, fazer as coisas fazerem sentido e se encaixarem no final. Mas, no nosso caso, também quer dizer que estamos livres, leves e soltos, cantando aquilo que é de ponta, pioneira, precursora e, também, o que é nosso”, destaca o regente.

O espetáculo tem a regência de Édi Marques, com arranjos de Luíse Corbani e direção cênica e produção de Eziquiel Ramos.

Coro Cidade de Ponta Grossa apresenta concerto especial para Dia das Crianças

A Prefeitura de Ponta Grossa promove na segunda e terça-feira (10 e 11), a partir das 19h30, no Cine-Teatro Ópera, o concerto ‘Todo mundo foi criança’, com o Coro Cidade de Ponta Grossa. As apresentações acontecem em comemoração ao Dia das Crianças, comemorado na quarta-feira (12).

“O concerto é uma homenagem que convida o público a cantar e se encantar com músicas que fazem e fizeram parte da infância de muitos grandões!”, afirma o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, acrescentando que é uma oportunidade para toda a família celebrar a pluralidade sonora por meio da ludicidade, fantasia e imaginação.

Com regência de Édi Marques Góes, o concerto especial trará repertório bem variado com a temática infantil. Para a apresentação, o Coro também refez alguns arranjos de músicas conhecidas, buscando levar leveza e pluralidade de sonoridade.

O concerto terá ingresso social, que pode ser trocado na hora do evento por um brinquedo ou um pacote de doces. O Coro Cidade de Ponta Grossa foi criado em 2008 com a finalidade de promover o ensino e a prática de música em grupo e a difusão da arte musical. O grupo é reconhecido por sua multiplicidade de repertórios, indo do clássico ao popular, e também pela facilidade de adaptação aos mais diversos espaços de apresentação e públicos. 

Da Assessoria

Coro Cidade de Ponta Grossa reapresenta concerto Fantasia

A Prefeitura de Ponta Grossa promove na segunda-feira (22), a partir das 19h30, no Cine-Teatro Ópera, uma nova edição do concerto ‘Fantasia: música e delírio’, apresentado pelo Coro Cidade de Ponta Grossa.

O concerto foi realizado pela primeira vez no final de julho e encantou o público. O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, explica que diante da repercussão extremamente positiva, surgiram pedidos para que o concerto fosse reapresentado.

O tema ‘Fantasia: música e delírio’, faz um convite para o público viajar no mundo dos sonhos através da música. Sob a regência de Édi Marques Góes, um dos grandes nomes de regência coral no estado, o concerto apresenta o resultado da pesquisa realizada nos últimos 12 meses de trabalho. O concerto passa por músicas que conduzem o público de maneira fantasiosa a agradecer, tocar e amar. Apresenta músicas eruditas, além de música popular para que o público possa cantar junto. Com um repertório bem variado, é um espetáculo em que o grupo celebra a volta aos palcos depois da pandemia e a possibilidade de conectar ao público de Ponta Grossa.

O ingresso consiste na doação de um quilo de alimento não perecível, agasalho ou item de higiene pessoal, cuja arrecadação será destinada a entidades sociais e pode ser trocado na hora do evento. 

Da Assessoria

Orquestra Sinfônica e Coro Cidade de Ponta Grossa promovem concerto beneficente “Brasilidades”

Com ingresso social, o evento acontece no dia 9 de julho,  no Cine-Teatro Ópera
 
A Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove no dia 9 de julho, a partir das 20h, no Cine-Teatro Ópera, o concerto “Brasilidades: missa e música à brasileira”, que marca o retorno da parceria entre a Orquestra Sinfônica e o Coro Cidade de Ponta Grossa, após um período de 3 anos sem atuação conjunta, devido a pandemia.      
O maestro da OSPG, Rafael Rauski,  relata que a apresentação busca a valorização da grande diversidade de ritmos e gêneros musicais que predominam no Brasil. Segundo ele, “o repertório trará ao público  arranjos surpreendentes  de canções já conhecidas e de novas canções da música brasileira”. Destaca, ainda,  que como obra principal do concerto será apresentada a “ Grande Missa Armorial”, do compositor Capiba, uma obra original que traz a estrutura tradicional das missas cantadas em latim, estilizada para ritmos brasileiros, refletindo a estética da música nordestina na década de 70.  
Ao fazer o convite a população para prestigiar esta atuação conjunta entre Coro e Orquestra, o Secretário Municipal de Cultura, Alberto Portugal,  explica que o evento, além de propiciar música de qualidade,  reforça o propósito da SMC  em contribuir para as causas sociais, dialogando com os propósitos estabelecidos, já que   o ingresso social consiste na doação de  1 quilo de alimento não perecível, cuja arrecadação será destinada a entidades sociais.

Jornalista: Maria Arlete Wadek

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Secured By miniOrange