Prefeitura lança o projeto Satélite Cultural

Artistas interessados em atuar como articuladores culturais já podem se inscrever.

Estão abertas as inscrições do projeto Satélite Cultural para o credenciamento de articuladores culturais em Ponta Grossa. Serão contratados 20 bolsistas para atuarem em diferentes locais da cidade, nas áreas de artes visuais, dança, música e teatro. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de maio no site: cultura.pontagrossa.pr.gov.br/chamamentos-publicos. O projeto é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura, e foi apresentado na manhã de hoje, dia 30, em evento de lançamento realizado no CEU das Artes.

O lançamento do projeto contou com a presença da prefeita Elizabeth Schmidt e do secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal. “O Satélite Cultural tem a importante missão de levar a cultura para todos os cantos da cidade, para todas as pessoas. Com ele, fazemos a diferença. É a oportunidade que temos de aproximar as famílias da cultura de Ponta Grossa, de suas raízes. A cultura não pode ser apenas centralizada. Ela precisa se espalhar por toda a cidade”, destaca a prefeita.

O projeto, aprovado como lei (Lei 14.704) no ano passado, oportunizará a articuladores culturais (profissionais que atuam em uma das quatro áreas estabelecidas: artes visuais, dança, música e teatro) trabalharem dentro da proposta.

Do seu trabalho inicial, em contato com a comunidade, é que serão definidas, a partir das observações, as oficinas adequadas para o local. O Satélite Cultural é chancelado pelo ecossistema ‘Vale dos Trilhos’, projeto do Município voltado para o desenvolvimento de atividades de inovação.

Podem se inscrever como articuladores culturais, pessoas físicas, maiores de 18 anos ou emancipadas. Também devem comprovar atuação de, pelo menos, dois anos na área artística de interesse, em Ponta Grossa. A escolaridade mínima exigida é segundo grau completo.

Os articuladores culturais selecionados atuarão por um período de oito meses. O edital com todas as informações está disponível no site da Secretaria Municipal de Cultura, no endereço https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/2024-2/.

SATÉLITE CULTURAL

O projeto Satélite Cultural 2024 é o maior programa de transformação e descentralização da Cultura de Ponta Grossa. De acordo com o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, o objetivo é “oferecer oficinas de alfabetização cultural para a comunidade, atividades de artes visuais, música, teatro e dança para toda comunidade de Ponta Grossa. Não se trata de formação de profissionais, mas de dar oportunidade para as pessoas se apropriarem de cultura”.

Considerando todos os locais em que vai ocorrer, pelo menos 3,6 mil pessoas vão participar das aulas e, como disseminadores de tais conhecimentos, podem ajudar a levar cultura para suas famílias, impactando, pelo menos, 10,8 mil pessoas em toda a cidade.

Isso ocorre a partir da descentralização das ações de fomento à cultura, uma vez que as oficinas acontecem em diferentes pontos da cidade e são definidas a partir de interesses da população local.

“São eles que escolhem se querem oficina de viola caipira, de hip-hop ou de teatro, por exemplo”, explica o secretário. Para trabalhar com essas atividades é que são contratados os articulares culturais.

O próprio nome escolhido, ‘Satélite Cultural’, remete à possibilidade de se descobrir novas estrelas em diversos pontos da cidade. “Embora formar profissionais não seja a proposta do projeto, a partir dele podemos encontrar talentos e trazermos para os processos de seleção dos corpos da Secretaria Municipal de Cultura”, observa o secretário Alberto Portugal.

Aberto edital para o Projeto Sexta às Seis


Sexta às Seis abre espaço para bandas locais e leva música gratuita para a comunidade

Encontra-se aberto o edital de chamamento público para o credenciamento de grupos, conjuntos e bandas interessadas em participar do Projeto Sexta às Seis 2024. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de maio, exclusivamente pela internet, no endereço cultura.pontagrossa.pr.gov.br. O projeto é desenvolvido anualmente pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). 

O Secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, lembra que o Sexta às Seis “tem como objetivo principal divulgar e incentivar a produção musical local, promovendo, assim, o intercâmbio cultural entre os artistas além de proporcionar cultura gratuita para toda comunidade”. Serão contratadas 20 bandas, num valor total de R$ 70 mil, distribuídos equitativamente. Cada grupo receberá R$ 3,5 mil pela apresentação. As inscrições são gratuitas.

A participação no Sexta às Seis 2024 é facultada a músicos residentes em Ponta Grossa há no mínimo seis meses. Os inscritos serão selecionados por uma banca. Podem se inscrever grupos, conjuntos e bandas de diferentes estilos musicais com três ou mais integrantes, incluindo DJs. Deve ser definido um representante, pessoa física, maior de 18 anos ou emancipada, que será o proponente na inscrição e assumirá as responsabilidades pelo grupo no decorrer do edital. O representante precisa, obrigatoriamente, integrar a banda como músico. 

O projeto Sexta às Seis 2024 acontecerá às sextas-feiras, no Parque Ambiental ou em outro local, a ser definido pela SMC, de acordo com as necessidades e agenda, a partir de junho. A reunião para definir datas e ordem de apresentação acontece no dia 3 de junho, na sede da Secretaria. Divulgação do calendário será feita no site cultura.pontagrossa.pr.gov.br. 

Prefeitura realiza oitiva para apresentar edital da Política Nacional Aldir Blanc

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura, e o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) realizam, na próxima segunda-feira, dia 22, a segunda oitiva municipal de definição da aplicação dos recursos destinados ao município, relativos à Política Nacional Aldir Blanc (PNAB). A reunião novamente acontece a partir das 19h30, no Cine-Teatro Ópera. A participação é aberta a todos os agentes culturais, sem necessidade de inscrição prévia. Basta assinar a lista de presença no local.

          No dia 3 deste mês foi realizada a primeira oitiva para definir a aplicação dos recursos destinados ao município. Segundo o diretor do Departamento de Cultura da Secretaria, Carlos Phantasma, agora será apresentado o edital já aprovado na reunião passada. Serão também discutidos os editais da Cultura Viva, item obrigatório da PNAB para a realização de editais para pontos e pontões de cultura.

          “Nós convocamos a classe de fazedores e fazedoras culturais, artistas, produtores e demais interessados(as) para a segunda oitiva da Política Nacional Aldir Blanc em Ponta Grossa! É um momento de extrema importância para discussão da implementação dos recursos na cidade, onde queremos ouvir as sugestões, apresentar diretrizes e propostas para os editais”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.
          A PNAB consolida a Lei Emergencial Aldir Blanc 1, que foi lançada para apoiar o setor cultural durante a pandemia da Covid-19. Através dela, é destinado valor anual para cada município, para a aplicação no setor cultural. Ponta Grossa terá direito a R$ 2,2 milhões para este ano.

Secretaria de Cultura está com as inscrições abertas para a Feira Pop

Continua aberto o edital para os interessados em participar da Feira Pop, projeto da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura de Ponta Grossa. O evento está previsto para acontecer aos domingos, no espaço da Feira da Benjamin Constant até o mês de dezembro. O edital com as informações está disponível no site da Secretaria, no endereço https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/, onde também podem ser feitas as inscrições via formulário online.
O objetivo da Feira Pop é abrir um grande espaço para a comercialização de artesanato em geral, além de moda circular e antiguidades. De acordo com a proposta, a feira acontecerá todos os domingos, das 8h às 13h. Pelo edital, em princípio, serão disponibilizadas 230 vagas, com área máxima de dois metros de largura por três metros de comprimento para cada feirante. Mas, conforme a disponibilidade, o número de vagas pode ser ampliado. “Nós estamos oferecendo mais um espaço, agradável, para a venda de artesanatos e que também será um local de lazer para as pessoas durante os domingos”, explica o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.
Os interessados em participar da Feira Pop podem submeter propostas até o dia 13 de março ou até encerrarem as vagas. Os interessados serão classificados por ordem de apresentação e confirmação da proposta. Para se inscrever, é preciso apresentar a categoria do artesanato que será oferecido, entre costura, patchwork, bordado, pintura, marcenaria, serigrafia/sublimação, palha, aromatizantes, antiguidades, entre outros, além da faixa de preço pelo qual pretende comercializar os artigos. Maiores detalhes podem ser encontrados no edital.
A comissão organizadora manterá, permanentemente, lista de espera para suplência, com ordem de inscrições a fim de atender, quando houver desistência ou exclusão dos expositores.

Aberto edital para realização da Feira Pop

Foi aberto edital para interessados em participar do projeto Feira Pop, que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, realizará aos domingos, no espaço da Feira da Benjamin Constant. O edital com os requisitos pode ser encontrado no site da Secretaria, no endereço https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/. No mesmo local também podem ser feitas as inscrições via formulário online.
A Feira Pop abrirá espaço para a venda de artesanato em geral, de moda circular e de antiguidades. O projeto ocorrerá todos os domingos, das 8h às 13h. Em princípio, serão disponibilizadas 230 vagas, com área máxima de dois metros de largura por três metros de comprimento para cada feirante. Mas a comissão organizadora poderá aumentar o número de vagas, conforme disponibilidade, bem como reduzir ou aumentar a área dos expositores. “Estamos oferecendo mais um espaço de comercialização de artesanatos e também de lazer para as pessoas durante os domingos”, enfatiza o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.
A proposta de interesse deverá ser submetida no prazo de até 20 dias, a contar da data de publicação do edital, que aconteceu hoje (dia 23) ou até se encerrarem as vagas. As 230 vagas serão preenchidas, após o recebimento da proposta, comprovação de habilitação e assinatura do termo de compromisso. Os interessados serão classificados por ordem de apresentação da proposta.
Para se inscrever, é preciso apresentar a categoria do artesanato que vai oferecer, entre costura, patchwork, bordado, pintura, marcenaria, serigrafia/sublimação, palha, aromatizantes, antiguidades, entre outros, além da faixa de preço pelo qual pretende comercializar os artigos. Maiores detalhes podem ser encontrados no edital.
A comissão organizadora manterá permanentemente lista de espera para suplência, com ordem de inscrições a fim de atender, quando houver desistência ou exclusão dos expositores.

Fotos: Cultura é Mercado (21.02)

Ontem (21/02) aconteceu mais um ‘Cultura é Mercado’ na sede da Secretaria de Cultura, o encontro foi sobre Captação de Recursos. O programa ‘Cultura é Mercado’, tem como objetivo organizar encontros com temas que ajudam a capacitar o setor cultural para trabalhar com editais. Os encontros acontecem mensalmente na sede da Secretaria de Cultura.

Fotos: Liliane Mainardes

Conservatório de Música tem número recorde de inscritos para novas vagas

O Conservatório funciona no espaço do Centro de Música de Ponta Grossa

O Conservatório de Música Maestro Paulino registrou um número recorde de inscritos na seleção de novos alunos. Ao todo, foram inscritos 604 candidatos para as 238 vagas ofertadas, com uma média de 2,5 candidatos por vaga. O Conservatório é mantido pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.

De acordo com Johnny Adam Bueno, diretor do Departamento de Música da Secretaria Municipal de Cultura, “não há registros de, em anos anteriores, haver tantos inscritos assim”. Os candidatos inscritos estão divididos entre as categorias de Ensino Básico e Ensino Fundamental de música.

O Ensino Básico é dividido em Musicalização Infantil, para crianças entre 5 e 6 anos de idade, e Iniciação Musical, de 7 a 9 anos. No primeiro caso, foram 80 inscritos para 60 vagas, com uma média de 1,3 candidato por vaga. A Iniciação Musical teve 103 inscritos para 50 vagas, média de 2,1 candidatos por vaga. Todo Ensino Básico somou 183 candidatos para as 110 vagas ofertadas, com média de 1,7 candidato por vaga. Por conta disso, foi necessário realizar um sorteio entre os inscritos para preenchimento das vagas.

O Ensino Fundamental de Música, voltado para candidatos com 10 anos ou mais, ofertou 15 cursos: Canto Lírico, Canto Popular, Clarinete, Contrabaixo Acústico, Contrabaixo Elétrico, Flauta Transversal, Guitarra Elétrica, Percussão Popular e Pandeiro, Piano, Saxofone, Trompete, Violão Clássico, Violão Popular, Violino e Violoncelo. Os candidatos se dividiram entre aqueles com conhecimento musical específico, que já tocam, mesmo que de maneira básica, o instrumento para o qual se inscreveram, e ‘sem conhecimento musical específico’, do instrumento que escolheram.

Foram 39 vagas para aqueles ‘com conhecimento musical específico’ e 89 aos candidatos ‘sem conhecimento musical específico’. No primeiro caso, foram registradas 96 inscrições, o que deu uma média de 2,5 por vaga. Para aqueles sem conhecimento específico, foram 325 inscritos, com a média de 3,7 candidatos por vaga. No total, o Ensino Fundamental de Música teve 421 inscritos para 128 vagas, com média de 3,3 candidato/vaga.

Ao contrário do Ensino Básico, que teve sorteio, os candidatos inscritos nos cursos do Ensino Fundamental de Música deverão participar de um teste seletivo para concorrer a uma das vagas. O processo ocorrerá em duas fases distintas: prova de percepção musical e entrevista.

Inscrições para os concursos do Carnaval terminam dia 1º

Termina no dia primeiro de fevereiro (quinta-feira) o prazo para as inscrições nos concursos de Carnaval de Ponta Grossa ‘Em Paz e na Folia’. Ao todo, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, realizará quatro concursos: Desfile de Blocos, Escolas de Samba, Concurso de Fantasias e Rainha e Rei Momo. As inscrições devem ser feitas pelo site cultura.pontagrossa.pr.gov.br/editais/

            Os concursos terão premiação em dinheiro para os melhores colocados. Ao todo, são R$ 90 mil em prêmios. O secretário Municipal de Cultura, Alberto Portugal, lembra que esses valores que foram viabilizados através de emendas impositivas dos vereadores Josi do Coletivo e Professor Careca.

            Podem participar do desfile de blocos carnavalescos, blocos tradicionais ou inéditos que tenham sede em Ponta Grossa. As inscrições devem ser feitas por uma pessoa responsável, maior de 18 anos e residente no município. O desfile dos blocos acontece no dia 11, na Avenida Vicente Machado, a partir das 19 horas. Haverá premiação para 1º, 2º e 3º lugares, que receberão R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente.

            O desfile de Escolas de Samba é aberto a escolas com sede em Ponta Grossa. A inscrição também deve ser feita por uma pessoa responsável pela entidade, maior de 18 anos e residente no município. O desfile será realizado no dia 10, a partir das 20 horas, na Avenida Vicente Machado, com concentração na Praça Barão de Guaraúna e dispersão na Rua Benjamin Constant, com destino ao Pavilhão Central do Carnaval, no Parque Ambiental. Serão premiadas a escola campeã, que receberá R$ 25.900,00, a vice-campeã, que receberá R$ 20 mil, e a terceira colocada, com R$ 18 mil.

            O concurso de Rainha do Carnaval é voltado às pessoas físicas, maiores de 18 anos, que se identificam como mulheres. Para Rei Momo, pessoas físicas que se identificam como homens, também maiores de 18 anos. Nos dois casos, devem ser residentes no município de Ponta Grossa. A apresentação das candidatas e candidatos acontecerá às 19h30 do dia 9, no Palco do Samba. Serão premiados a Rainha do Carnaval e o Rei Momo, que receberão R$ 1.700,00 cada um, além da Primeira e Segunda Princesa, que serão premiadas com R$ 1.000,00 R$ 800,00, respectivamente.

            O Concurso de Fantasias é aberto para maiores de 18 anos residentes em Ponta Grossa. Estarão em disputa três categorias: Luxo, Originalidade e Criatividade e Cosplay. A apresentação dos candidatos inscritos acontecerá às 19h30 do dia 9, no Palco do Samba, que será instalado no Parque Ambiental. As premiações para o Concurso de Fantasias serão as seguintes:

– Categoria Luxo: 1º colocado, R$ 1.400,00; 2º colocado, R$ 1.200,00; 3º colocado, R$ 1.000,00; 4º colocado, R$ 800,00 e 5º colocado, R$ 500,00.

– Categoria Originalidade e Criatividade: 1º colocado, R$ 1.100,00; 2º colocado, R$ 900,00; 3º colocado, R$ 700,00; 4º colocado, R$ 500,00 e 5º colocado, R$ 400,00.

– Categoria Cosplay: 1º colocado, R$ 1.000,00; 2º colocado, R$ 800,00 e 3º colocado, R$ 600,00.

            Editais com mais informações e formulários de inscrição encontram-se no site da Secretaria Municipal de Cultura, no endereço: https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/2024-2/.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Pular para o conteúdo Secured By miniOrange