Museu Municipal será inaugurado no próximo dia 12

O Museu Municipal Aristides Spósito, que vai funcionar na Mansão Vila Hilda, será inaugurado no próximo dia 12. A solenidade está marcada para às 16h30, com a presença da prefeita Elizabeth Schmidt e do secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

O projeto é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e a entrega do espaço à comunidade, como museu, faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

“A criação do Museu Aristides Spósito é um grande marco para Ponta Grossa, pois, ao mesmo tempo, celebra o trabalho desempenhado por um apaixonado pelas histórias do nosso e de outros tempos, e fortalece nosso papel, enquanto poder público, de fomentar ações e iniciativas dedicadas à proteção da nossa memória e da nossa cultura, requisitos essenciais para a construção de uma cidade mais humana e com um sentimento de pertencimento ainda maior”, comenta a prefeita Elizabeth Schmidt.

O prédio foi revitalizado, com obras de pintura externa e investimentos na iluminação. Ele abrigará, entre outros, parte do acervo do antigo Museu Época, fechado em 2016, que foi doado pela família de Aristides Spósito (que dá nome ao museu), falecido em 2019, que criou e manteve o Época até seu fechamento. Serão diversos itens, locais e também de fora da cidade, adquiridos e doados ao longo do tempo. Elas ficarão expostas em vários espaços da Mansão de 600 metros quadrados.

“Este é um dos momentos mais esperados dentro da nossa programação de 200 anos de Ponta Grossa. A Vila Hilda faz parte da identidade local, é um dos prédios mais icônicos da cidade e, como museu, poderá ser visitado com mais liberdade por toda a comunidade”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

O Museu Municipal fará parte de um complexo cultural mais amplo, já que funcionará no mesmo espaço onde já se encontram a Escolinha do Patrimônio e a Casa da Memória. Com isso, além da visitação, também se destacará como importante espaço de pesquisa e conhecimento.

VILLA HILDA

Com influência da arquitetura francesa neoclássica e art nouveau, a Mansão Vila Hilda é uma das mais belas e importantes edificações de Ponta Grossa. Foi construída em 1926 por Alberto Thielen, industrial e comerciante da cidade, proprietário da Cervejaria Adriática, portanto, está perto de completar 100 anos. O casarão possui dois pavimentos. No seu interior, conta com pinturas que retratam paisagens e motivos europeus, além de algumas paisagens locais. “Por isso, não só o acervo do museu, mas a própria construção é uma obra a ser admirada”, considera o secretário Alberto Portugal.

Por muitos anos a Mansão foi sede da Biblioteca Pública de Ponta Grossa. Em 1990 foi tombada pelo Patrimônio Cultural do Paraná. Até outubro do ano passado, sediava a Secretaria Municipal de Cultura.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Secured By miniOrange