Conservatório de Música tem número recorde de inscritos para novas vagas

O Conservatório funciona no espaço do Centro de Música de Ponta Grossa

O Conservatório de Música Maestro Paulino registrou um número recorde de inscritos na seleção de novos alunos. Ao todo, foram inscritos 604 candidatos para as 238 vagas ofertadas, com uma média de 2,5 candidatos por vaga. O Conservatório é mantido pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.

De acordo com Johnny Adam Bueno, diretor do Departamento de Música da Secretaria Municipal de Cultura, “não há registros de, em anos anteriores, haver tantos inscritos assim”. Os candidatos inscritos estão divididos entre as categorias de Ensino Básico e Ensino Fundamental de música.

O Ensino Básico é dividido em Musicalização Infantil, para crianças entre 5 e 6 anos de idade, e Iniciação Musical, de 7 a 9 anos. No primeiro caso, foram 80 inscritos para 60 vagas, com uma média de 1,3 candidato por vaga. A Iniciação Musical teve 103 inscritos para 50 vagas, média de 2,1 candidatos por vaga. Todo Ensino Básico somou 183 candidatos para as 110 vagas ofertadas, com média de 1,7 candidato por vaga. Por conta disso, foi necessário realizar um sorteio entre os inscritos para preenchimento das vagas.

O Ensino Fundamental de Música, voltado para candidatos com 10 anos ou mais, ofertou 15 cursos: Canto Lírico, Canto Popular, Clarinete, Contrabaixo Acústico, Contrabaixo Elétrico, Flauta Transversal, Guitarra Elétrica, Percussão Popular e Pandeiro, Piano, Saxofone, Trompete, Violão Clássico, Violão Popular, Violino e Violoncelo. Os candidatos se dividiram entre aqueles com conhecimento musical específico, que já tocam, mesmo que de maneira básica, o instrumento para o qual se inscreveram, e ‘sem conhecimento musical específico’, do instrumento que escolheram.

Foram 39 vagas para aqueles ‘com conhecimento musical específico’ e 89 aos candidatos ‘sem conhecimento musical específico’. No primeiro caso, foram registradas 96 inscrições, o que deu uma média de 2,5 por vaga. Para aqueles sem conhecimento específico, foram 325 inscritos, com a média de 3,7 candidatos por vaga. No total, o Ensino Fundamental de Música teve 421 inscritos para 128 vagas, com média de 3,3 candidato/vaga.

Ao contrário do Ensino Básico, que teve sorteio, os candidatos inscritos nos cursos do Ensino Fundamental de Música deverão participar de um teste seletivo para concorrer a uma das vagas. O processo ocorrerá em duas fases distintas: prova de percepção musical e entrevista.

Inscrições para o Conservatório de Música terminam no dia 31

As aulas do Conservatório acontecem no Centro de Música de Ponta Grossa

Termina nesta quarta-feira (dia 31) o prazo das inscrições para seleção de novos alunos do Conservatório de Música Maestro Paulino para o ano letivo de 2024. As inscrições podem ser feitas diretamente no site da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de Ponta Grossa, no endereço https://cultura.pontagrossa.pr.gov.br/2024-2.

            As vagas estão disponíveis em ‘Ensino Básico de Música’, para crianças de Crianças com 5 e 6 anos, que podem ser inscritas no curso de Musicalização Infantil 1 e de 7 a 9 anos, no curso de Iniciação Musical. Os candidatos a partir de 10 anos de idade podem se inscrever no Ensino Fundamental de Música, em diversos cursos que estão sendo ofertados. Não há limite de idade máxima para participar.

            Para o Ensino Fundamental de Música, são ofertados 15 cursos, com vagas para alunos com e sem conhecimento musical no curso escolhido. Deverá declarar ‘com conhecimento musical específico’ o candidato que já toca, mesmo que de maneira básica, o mesmo instrumento para o qual deseja se inscrever e ‘sem conhecimento musical específico’ o candidato que não tocar o instrumento para o qual deseja se inscrever, mesmo que toque outros instrumentos.

            São ofertados os seguintes cursos: Canto Lírico, Canto Popular, Clarinete, Contrabaixo Acústico, Contrabaixo Elétrico, Flauta Transversal, Guitarra Elétrica, Percussão Popular e Pandeiro, Piano, Saxofone, Trompete, Violão Clássico, Violão Popular, Violino e Violoncelo.

            Os candidatos inscritos nos cursos do Ensino Fundamental de Música deverão participar de teste seletivo para concorrer a uma das vagas. O processo ocorrerá em duas fases distintas: prova de percepção musical e entrevista. As provas acontecem no Centro de Música (Conservatório Maestro Paulino) – Rua Frederico Wagner, 150 – Olarias.      

            As inscrições se encerram às 23h59 do dia 31. O edital com informações completas sobre os cursos, documentos e formas de pagamento estão disponível no site da Secretaria Municipal de Cultura.

Concha Acústica recebe amanhã o ‘Sextinha às Seis’

A Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco recebe nesta sexta-feira (dia 22), a partir das 18 horas, o ‘Sextinha às Seis’, evento voltado para o público infantil. A apresentação será da banda curitibana Rockids. A promoção é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura.

De acordo com o diretor do Departamento de Cultura da Secretaria, Carlos Phantasma, a proposta do evento partiu da observação do público infantil que já frequenta o evento. “Percebemos que o projeto do Sexta às Seis, que tem bandas de diversos estilos, têm seu público formado por famílias e que é a oportunidade que os pais têm de levar seus filhos para ser a primeira experiência cultural em um show musical. Então decidimos fazer este evento específico para as crianças”, explica. O evento deveria ter acontecido em outubro, no mês das crianças, mas na época choveu em praticamente todas as sextas, então foi preciso readequar as agendas das bandas, incluindo o Sextinha.

A banda convidada, Rockids, apresenta um visual todo colorido e tem um carisma com as crianças em todos os seus shows. O grupo apresenta clássicos do rock em um show adaptado para crianças, pais, mães e toda família. A proposta é de aproximar as crianças do rock. O repertório da banda é pensado cuidadosamente e conta com grandes nomes, como Beatles, Elvis Presley, AC/DC, Kiss, Queen, Creedence, Rita Lee, Os Paralamas do Sucesso, Raul Seixas entre outros.

A Rockids é formada por Birla Malerba (vocal), Lívia Calil (guitarra), Ana Paula Purkott (baixo) e Pri Graciano (bateria).

Rockids promete alegrar crianças e adultos no Sextinha às Seis

Sexta às Seis terá Jerimoon e Jamp no dia 15

Show deveria ter acontecido em agosto, mas foi remarcado devido ao mau tempo.

O Sexta às Seis tem sequência amanhã, sexta-feira (dia 15), na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, com as bandas Jerimoon e Jamp. Os grupos deveriam ter se apresentado no dia 25 de agosto, mas os shows foram adiados por conta da chuva. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

Formada no início de 2015, a Jerimoon resgata canções dos “esquecidos da MPB”, como a banda classifica os escolhidos para o repertório. São músicas das décadas de 1970 e 1980. O intuito é despertar a sensação de nostalgia no público através de clássicos que há muito tempo não são tocados. Para isso, a banda criou um estilo próprio, chamado pelos integrantes de ‘Bregacore’, uma mistura de ritmos que envolvem os clássicos do chamado brega nacional, reinventado em estilos como ska, punk e hardcore. A banda já se apresentou em diversos bares de rock de Ponta Grossa e Região, além de participações no projeto Sexta às Seis, 9º Festival de Música de Ponta Grossa, com a Banda Lyra dos Campos, edições da München Fest, entre outros.

Já a Jamp surgiu em 2007, reunindo diversas influências musicais como pop rock, rock, reggae e rap em seu repertório. A banda se tornou conhecida no Paraná e Santa Catarina com apresentações em pubs, casas noturnas e outros eventos, ganhando destaque e abrindo shows de grupos como Capital Inicial, o Rappa, Ira!, Blindagem, entre outros. Em 2016, o Jamp lançou seu single ‘Azul Cristal’, que conta com a participação de Gazu – ex-Dazaranha. Em 2017 lançou o álbum ‘Gratidão’, que mistura pop rock, com uma pitada de reggae, rap e a essência da música sulista, com sanfona presente em várias músicas. Em 2020 lançou mais um projeto: “Ao vivo no Boteco da Estação”.

Sexta às Seis apresenta Majesty Ghost Cult e Maiden Rules

Show deveria ter acontecido em outubro, mas foi adiado por causa das chuvas

As bandas Majesty Ghost Cult e Maiden Rules se apresentam no Projeto Sexta às Seis na próxima sexta, dia 24. Os shows, que deveriam ter sido realizados no dia 27 de outubro, mas foram adiados devido às chuvas naquela data, acontecem na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

Majesty Ghost Cult faz uma apresentação teatral, com forte presença visual

A Majesty Ghost Cult é uma banda tributo à banda sueca Ghost B.C, que mistura elementos do heavy metal e do rock progressivo, com influências dos anos 1970 e 1980, junto com um pop atual. O grupo ponta-grossense foi formado em 2019 e faz uma apresentação próxima ao original, com imagem teatral e misteriosa, além de riffs pesados e vocais dramáticos, acompanhados por luzes e fogos. O objetivo é levar ao público uma atmosfera única e envolvente em suas aparições. A banda prioriza o espetáculo audiovisual em cada apresentação que faz, tentando emular o mais próximo possível os shows da banda sueca.

Maiden Rules leva ao palco um show fiel às apresentações do Iron Maiden

A Maiden Rules foi formada em 2015, também aqui na cidade, por amigos músicos e fãs do Iron Maiden, do qual, desde o início, fazem cover/tributo. A banda busca sempre executar as músicas de forma fidedigna, buscando a sonoridade mais próxima, desde timbres até figurinos. O grupo tem sido requisitado para eventos de rock nos Campos Gerais. A banda já participou de diversos festivais e eventos nesses oito anos. Em Ponta Grossa, as principais participações foram no próprio Projeto Sexta às Seis, em 2016, e em festivais para motociclistas, promovidos por moto clubes. Também já se apresentou em Guarapuava, Irati, Palmeira, Paranaguá e Castro.

Heartlistener e Hemmera se apresentam no Sexta às Seis

Acontece amanhã (dia 17) mais uma apresentação do Projeto Sexta às Seis, com a presença das bandas Heartlistener e Hemmera. Os shows acontecem na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, a partir das 18 horas. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

Heartlistener levará hardcore/metalcore para o palco do Sexta às Seis

A Heartlistener é uma banda de hardcore/metalcore formada em 2018. Seu primeiro lançamento foi o EP “Inner Self”, de 2019. Em 2020 lançou o single “Intangible Lines”, com participação de Garret Rapp, integrante do grupo The Color Morale, dos Estados Unidos. Eles definem seu som como tendo um ritmo acelerado, guitarras agressivas e melódicas e vocais agressivos que transmitem uma mensagem melancólica, embora esperançosa. Em 2021 a banda lançou novos singles e depois, em 2022, o álbum “Perspectives”.

Hemmera volta ao Sexta às Seis depois de uma grande apresentação em 2022

A Hemmera, também é uma banda de metalcore formada em 2018. O grupo mistura vocais guturais e melódicos, instrumental pesado e melódico e, como um diferencial, apresenta elementos de música eletrônica em algumas de suas composições. Ainda em 2018, lançou sua primeira demo, intitulada de ‘’Outra Vez’’, que abriu portas para seu primeiro show no festival Rock Rural, em Palmeira. Em fevereiro de 2019 a música ‘’Ilusões’’ foi lançada e se tornou o maior sucesso da banda. A Hemmera já participou do Sexta às Seis no ano passado.

Concertos movimentam o mês de novembro em Ponta Grossa

Grupos musicais da Secretaria Municipal de Cultura se apresentam em diferentes espaços

O Conservatório de Música Maestro Paulino encerra as atividades de 2023 neste mês. Para isso estão programadas diversas apresentações que acontecem em diferentes espaços, como o Centro de Música, Cine-Teatro Ópera e Concha Acústica. A promoção é da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). Todas as apresentações marcadas para o Cine-Teatro Ópera terão entrada solidária.

“Neste mês teremos concertos dos nossos principais grupos como a Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, Banda Lyra e a Conserva’s Big Band!”, conta o diretor de Ensino de Arte e Cultura da SMC, Johnny Adam Bueno.

O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, lembra que “a programação dos 200 anos de Ponta Grossa, na qual estão inseridas as apresentações, ainda acontecem com grande intensidade. Essas ações com música atraem grande público em nossa cidade”, frisa.

As atividades ganham intensidade a partir do dia 18 (próximo sábado), com o Concerto ‘Celebra-te’, em comemoração ao aniversário da Banda Lyra dos Campos, que está completando 71 anos. A apresentação acontece no Cine-Teatro Ópera, a partir das 20 horas. Já no domingo, no mesmo espaço, será realizado o concerto de final de ano da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, com o tema ‘Sonho de uma noite de verão’, no qual será exibida a Sinfonia n. 5, de Mendelssohn. O espetáculo inicia às 19h30. Nos dois eventos o ingresso solidário será um fardo de papel higiênico.

Nos dias 20 e 21 (segunda e terça-feira) serão realizados recitais de encerramento do ano da iniciação musical do Conservatório Maestro Paulino. Na segunda-feira, a apresentação ocorre no Cine-Teatro Ópera e, na terça-feira, o palco será a Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, ambas a partir das 19h30. No Ópera, a entrada solidária é um pacote de bala.

Ainda haverá, no Centro de Música, dos dias 20 a 30, recitais de classes de todos os instrumentos trabalhados. “O objetivo é dar oportunidade para os alunos colocarem em prática toda essa vivência musical trabalhada em sala de aula”, explica Johnny Adam Bueno.

No dia 26, a Conserva’s Big Band realiza o concerto ‘À brasileira’, no Cine-Teatro Ópera, a partir das 19h30. Essa apresentação também terá como entrada solidária um pacote de bala.

Sexta às Seis apresenta Urban Wild e West Hill

Projeto acontece na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco na próxima sexta

          O Projeto Sexta às Seis tem sequência na próxima sexta-feira (dia 10) com a apresentação das bandas Urban Wild e West Hill. Os shows acontecem mais uma vez na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, a partir das 18 horas. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

Banda de heavy metal, Urban Wild, formada em 2019

          A Urban Wild, que abre a tarde/noite, é uma banda de heavy metal formada em 2019. Com quatro anos de existência, possui dois singles lançados até o momento: No Return (2022) e In Vain (2023), enquanto prepara seu primeiro álbum, batizado de The Nightmares of a Dreamin Mind, que deve ser lançado no primeiro semestre de 2024. Devido à pandemia do Covid-19, a banda só estreou a formação atual, nos palcos, no dia 20 de dezembro de 2020, quando se apresentou pela primeira vez no Cbgbar, local conhecido por abrir espaço para bandas de Ponta Grossa e região. No ano seguinte, ainda durante a pandemia, fez mais dois shows no mesmo lugar, com boa média de público. Agora o Urban Wild sobe ao palco do Sexta às Seis.

A banda de hard rock, West Hill, está na estrada desde 2004

          Depois, quem se apresenta é a West Hill, banda de hard rock que começou suas atividades em 2004. Em 2013 eles lançaram, de forma independente, seu primeiro álbum, com 11 músicas autorais, chamado “Rockin in the West Hill”. Nesse trabalho, eles buscaram referências no universo dos anos 1970 e 1980. Em 2016 foi lançado o primeiro videoclipe, da música “Crazy For Rock”. Durante a pandemia, no ano de 2021, lançaram o segundo álbum do grupo, intitulado “Rock ‘n’ Bubble”, em que as músicas foram criadas com o intuito de ajudar seus fãs a enfrentarem aquele difícil momento. Algumas músicas desse álbum são uma reunião de composições que vinham sendo feitas desde o lançamento do primeiro, com variados temas.

Majesty Ghost Cult e Maiden Rules se apresentam no Sexta às Seis

O Projeto Sexta às Seis tem sequência na próxima sexta-feira (dia 27) com a apresentação das bandas cover Majesty Ghost Cult e Maiden Rules. Os grupos sobem ao palco do Parque Ambiental a partir das 18 horas. O projeto é uma promoção da Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

A Majesty Ghost Cult é uma banda tributo à banda sueca Ghost B.C, que mistura elementos do heavy metal e do rock progressivo, com influências dos anos 1970 e 1980, junto com um pop atual.

O grupo ponta-grossense foi formado em 2019 e faz uma apresentação próxima ao original, com imagem teatral e misteriosa, além de riffs pesados e vocais dramáticos, acompanhados por luzes e fogos. O objetivo é levar ao público uma atmosfera única e envolvente em suas aparições. A banda prioriza o espetáculo audiovisual em cada apresentação que faz, tentando emular o mais próximo possível os shows da banda sueca.

A Maiden Rules foi formada em 2015, também aqui na cidade, por amigos músicos e fãs do Iron Maiden, do qual, desde o início, fazem cover/tributo. A banda busca sempre executar as músicas de forma fidedigna, buscando a sonoridade mais próxima, desde timbres até figurinos.

O grupo tem sido requisitado para eventos de rock nos Campos Gerais. A banda já participou de diversos festivais e eventos nesses oito anos. Em Ponta Grossa, as principais participações foram no próprio Projeto Sexta às Seis, em 2016, e em festivais para motociclistas. Também já se apresentou em Guarapuava, Irati, Palmeira, Paranaguá e Castro.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Secured By miniOrange