Orquestra faz apresentação de Primavera no Ópera

A Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa realiza, no próximo domingo, dia 8, a partir das 19h30, no Cine-Teatro Ópera, um concerto em que apresentará a 8ª Sinfonia de Dvorak. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte das comemorações dos 200 anos de Ponta Grossa.

O concerto tem como objetivo, marcar a chegada da primavera. A entrada é solidária. Para assistir, basta levar um pacote de bala, por pessoa, para doação.
A Orquestra Sinfônica Cidade de Ponta Grossa (OSPG) foi criada em 1954, sendo a mais antiga do Paraná e 2ª mais antiga do interior do Brasil. Com uma trajetória de sucesso e reconhecimento, é responsável pela formação de centenas de músicos, executando repertórios memoráveis. Atualmente, possui 54 músicos bolsistas, sendo 16 violinos, 6 violas, 6 violoncelos, 3 contrabaixos, 2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes, 4 trompas, 3 trompetes, 3 trombones, 1 tuba e 4 percussionistas.

Ópera recebe ‘Princesas no Reino de Ponta Grossa’

 A Banda Lyra dos Campos faz, nos dias 3 e 4 (terça e quarta), uma apresentação especial, relativa ao Dia das Crianças, do concerto ‘Princesas no Reino de Ponta Grossa’, no Cine-Teatro Ópera, a partir da 19h30. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

            O concerto terá como tema as princesas da Disney, com repertório elaborado sobre músicas temas de filmes dessas personagens. O repertório terá músicas como Flashing Winds, Bem Vindos à Disney, A Bela e a Fera, Let It Go (Frozen), Shrek Highlights (Fiona), Quase lá/ Quando eu for Humano – (Princesa e o Sapo) e Enrolados (Rapunzel).

            “A apresentação será voltada para os alunos do Conservatório Municipal Maestro Paulino, como um presente, e também é aberto para o público em geral”, explica Johnny Adam Bueno, diretor do Departamento de Música da Secretaria Municipal de Cultura.

            Para assistir ao concerto, basta levar um pacote de doces para doação.

Roupa Nova se apresenta nesta quinta no Parque Ambiental

Está tudo pronto para o show de véspera do aniversário com um dos grupos musicais mais icônicos da música brasileira, o Roupa Nova. A apresentação acontece nesta quinta (dia 14), no Parque Ambiental, a partir das 20 horas. Antes, às 19 horas, o Grupo Bovoá faz a abertura do evento. O show é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

A expectativa é da presença de um grande público no Parque Ambiental, para acompanhar a apresentação. O Roupa Nova é um dos maiores nomes da música nacional e conta com fãs de várias gerações que devem cantar juntos vários sucessos do grupo.

A apresentação do Roupa Nova faz parte de uma programação de grandes shows trazidos gratuitamente para a comunidade ponta-grossense desde maio, quando o grupo Ira! fez a abertura do Sexta às Seis 2023. Depois já passaram pelo palco do Parque Ambiental o cantor Fernandinho (em junho), o violeiro Gabriel Sater, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa (em julho) e a dupla sertaneja Gian e Giovani, no mês passado. “Toda programação foi pensada de forma a ser a mais plural possível, voltada para todos os públicos. Fechamos esta programação em alto estilo, com um grupo que agrada várias gerações”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

ROUPA NOVA

O histórico do Roupa Nova é grandioso. Com mais de 40 anos de estrada, o grupo já lançou 38 discos, superando 20 milhões de cópias vendidas. Também já teve 35 músicas como temas de novela. Entre as canções mais famosas, segundo material divulgado pela banda, estão “Whisky a Go-Go”, “Dona”, “Volta pra Mim”, “Anjo”, “Seguindo no Trem Azul”, “A Viagem”, “Coração Pirata”, entre muitas outras.

Concerto ‘Duzentos’ leva história de Ponta Grossa para a praça

A comunidade ponta-grossense vai receber mais um grande evento no próximo final de semana. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, realizará o concerto  ‘Duzentos – a maior celebração de todos os tempos’, espetáculo que vai reunir música, dança e teatro, simultaneamente, além de projeções e luzes. Serão três apresentações, nos dias 15, 16 e 17, que vão acontecer, gratuitamente, na Praça Marechal Floriano Peixoto. O evento faz parte das comemorações dos 200 anos de Ponta Grossa.
As apresentações iniciarão sempre às 19h30 e terão a participação da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, do Coro Cidade de Ponta Grossa, Banda Lyra dos Campos, Coral das Meninas Cantoras, da Cia. Municipal de Dança, do Grupo de Teatro de Ponta Grossa, além de convidados. A direção é de Emerson Rechenberg.

O secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal, explica que será uma grande produção, com mais de 300 pessoas em cena. Com uma hora de duração, o ‘Duzentos’ vai contar passagens importantes da história da cidade. Para isso, será montado um enorme palco na praça com toda a estrutura de som, luz e projeção. “O concerto ‘Duzentos’ é um espetáculo multilinguagens, realizado com todos os corpos estáveis da Secretaria de Cultura. Os momentos históricos serão retratados com música, coreografias, projeções e diversos outros recursos”, antecipa Emerson Rechenberg.
É a primeira vez que um espetáculo acontece neste local e também a primeira vez que todos os grupos municipais estarão reunidos em cena, tornando a apresentação a maior celebração de todos os tempos.

Sexta às Seis do dia 8 será na Concha Acústica

    O Projeto Sexta às Seis desta semana (dia 8) volta às origens. Os shows acontecem na Concha Acústica da Praça Barão do Rio Branco, onde vão se apresentar os ‘Astronautas do Passado’ e Alisson Camargo. A mudança ocorre apenas para esta data, devido à realização do Congresso de Educação e a Feira do Livro no Parque Ambiental. A promoção do Sexta às Seis é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa.

            Os Astronautas do Passado surgiram oficialmente em 2019, mas os integrantes já se conheciam e tinham tocado juntos anteriormente. A banda foi criada para a participação no Sexta às Seis daquele ano. Depois disso, eles decidiram continuar a tocar e compor. A partir daí, tocaram em bares de Ponta Grossa e compuseram novas músicas. Eles têm como influência o rock nacional, principalmente de bandas e artistas da década de 1980, como os Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Cássia Eller, Capital Inicial e Tim Maia. Também recebem influências de diversos artistas internacionais, como Stone Temple Pilots, The Doors, The Animals e, principalmente, Johnny Cash.

            Alisson Camargo é cantor, compositor, guitarrista e violonista com 16 anos de carreira. Nesse período, tem atuado na área artística e cultural em eventos, bares, restaurantes e festivais. Participou como compositor, vocalista e guitarrista das bandas Boa Noite Irene (2005) Camargo e Os Bacanas (2015-2022) e foi baixista na banda infantil Casa Cantante, entre 2019 e 2020. Ao longo desse período, Alisson Camargo já lançou CD, EPs e diversos vídeos clipes. Além disso, já abriu shows, em Ponta Grossa, de nomes como Guilherme Arantes e Biquíni Cavadão. Entre outras atividades, também já esteve presente em outras edições do Sexta às Seis e de outros eventos como a Efapi.

Concha Acústica volta a receber shows do Sexta às Seis, nesta semana

Roupa Nova se apresenta no show de aniversário de Ponta Grossa

           No próximo dia 14, véspera do aniversário de Ponta Grossa, será realizado mais um grande show gratuito dentro da programação de 200 anos da cidade. Dessa vez, quem vai subir ao palco é o Roupa Nova, um dos maiores nomes da música pop romântica nacional. A apresentação vai acontecer no Parque Ambiental, mesmo local dos shows anteriores. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura.

            É esperado um grande público para o evento, que acontece às vésperas do feriado do aniversário da cidade. O show do Roupa Nova deve iniciar às 20 horas e levar ao palco grandes sucessos, daqueles que são capazes de fazer o público cantar junto. Antes, a partir das 19 horas, o Grupo Bovoá faz a apresentação de abertura.

            Desde maio, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, oferece, gratuitamente, um grande show por mês para a comunidade ponta-grossense. Já se apresentaram o Ira!, na abertura do Sexta às Seis, dia 12 de maio; o cantor Fernandinho, dia 15 de junho; o violeiro Gabriel Sater, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa; e a dupla sertaneja Gian e Giovani. Agora o Roupa Nova fecha a programação de grandes shows.

            “Pensamos a celebração dos 200 anos de Ponta Grossa da maneira mais plural possível. Dessa forma, temos uma programação voltada para todos os públicos, o que vem acontecendo desde o início do ano. Agora, o Roupa Nova fecha esta programação em alto estilo”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

ROUPA NOVA

            O histórico do Roupa Nova é grandioso. Com mais de 40 anos de estrada, o grupo já lançou 38 discos, superando 20 milhões de cópias vendidas. Também já teve 35 músicas como temas de novela. A banda é formada por Cleberson Horsth, Ricardo Feghali, Kiko, Nando, Paulinho (in memorian), Serginho Herval e Fábio Nestares, que se tornou o sétimo integrante.

            O Roupa Nova é responsável por tocar o “Tema da Vitória”, composto e arranjado por Eduardo Souto Neto, que mais tarde se tornaria tema de Ayrton Senna; pela música tema do “Xou da Xuxa” e do “Vídeo Show”, todos da Rede Globo, além do “Rock in Rio”. Entre as canções mais famosas, segundo material divulgado pela banda, estão “Whisky a Go-Go”, “Dona”, “Volta pra Mim”, “Anjo”, “Seguindo no Trem Azul”, “A Viagem”, “Coração Pirata”, entre muitas outras. Foram vencedores do Grammy Latino de “Melhor Álbum Pop Contemporâneo brasileiro”, com o disco “Roupa Nova em Londres”, gravado em 2009, nos estúdios de Abbey Road. A banda acumula discos de ouro e platina.

            Dentre as parcerias que a banda já fez ao longo de toda a carreira estão Roberto Carlos, Ivete Sangalo, Rita Lee, Sandra de Sá, Zélia Duncan, Fagner, Steve Hackett, David Coverdale, Fafá de Belém, Lulu Santos, Leandro & Leonardo, Daniel, Ney Matogrosso, Luan Santana, Maitê Perroni e outros.

Roupa Nova vai apresentar grandes sucessos na apresentação do dia 14

Rap e indie no Sexta às Seis

O Sexta às Seis da próxima sexta-feira (dia 1º) levará rap e indie para o Parque Ambiental com a apresentação do Gueg Ponta Rap e da cantora MUM. Os artistas  sobem ao palco a partir das 18 horas. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa. 

O Gueg Ponta Rap chega aos 30 anos de estrada em 2023. Começou seus trabalhos cantando suas primeiras letras em ano de 1993. Dois anos depois, em 1995, o grupo fez as primeiras apresentações em eventos locais, em vilas e bairros da cidade. De lá para cá, passou por diversas formações até chegar na atual com Gueg, no vocal , Gui Augusto fazendo acompanhamentos vocais, dobras e refrões, e o Banga controlando as músicas nos toca discos como DJ. Já participaram de vários encontros e festivais da cultura hip hop no Paraná. O grupo, em suas diferentes formações, gravou três CDs e atualmente prepara um novo trabalho. 

MUM é cantora, compositora e multiartista. Começou sua carreira musical em 2017, tendo seu primeiro EP, intitulado “Nebulosa”, lançado em 2019, seguido do single “Um corpo é um corpo”. O nome, MUM, é uma sigla para “Mais uma mulher”, significado que rege as composições da cantora sobre o que é ser mais uma mulher no mundo. Sua apresentação traz um conceito visual, composições impactantes e performance que entende como muito importantes na construção do show. Seu estilo musical permeia entre o indie rock e indie pop com algumas referências de música clássica (canto lírico e violino).

Jerimoon e Jamp se apresentam no Sexta às Seis


O Sexta às Seis tem sequência na próxima sexta-feira (dia 25) com a apresentação das bandas Jerimoon e Jamp. Os grupos sobem ao palco do Parque Ambiental a partir das 18 horas. O projeto é uma promoção da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, e faz parte da programação dos 200 anos de Ponta Grossa. 

Formada no início de 2015, a Jerimoon resgata canções dos  “esquecidos da MPB”, como a banda classifica os escolhidos para o repertório. São músicas das décadas de 1970 e 1980. O intuito é despertar a sensação de nostalgia ao público através de clássicos que há muito tempo não são tocados. Para isso, a banda criou um estilo próprio, chamado pelos integrantes de ‘Bregacore’, uma mistura de ritmos que envolvem os clássicos do chamado brega nacional, reinventado em estilos como ska, punk e hardcore. A banda já se apresentou em diversos bares de rock de Ponta Grossa e região, além de participações no projeto Sexta às Seis, 9º Festival de Música de Ponta Grossa, com a Banda Lyra dos Campos, edições da München Fest, entre outros. 

Já a Jamp surgiu em 2007, reunindo diversas influências musicais como pop rock, rock, reggae e rap em seu repertório. A banda se tornou conhecida no Paraná e Santa Catarina com apresentações em pubs, casas noturnas e outros eventos, ganhando destaque e abrindo shows de grupos como Capital Inicial, o Rappa, Ira!, Blindagem, entre outros. Em 2016, o Jamp lançou seu single ‘Azul Cristal’, que conta com a participação de Gazu – ex-Dazaranha. Em 2017, lançou o álbum ‘Gratidão’, que mistura pop rock, com uma pitada de reggae, rap e a essência da música sulista, com sanfona presente em várias músicas. Em 2020, lançou mais um projeto: “Ao vivo no Boteco da Estação”. 

Gian e Giovani se apresentam nesta terça (15) no Parque Ambiental

Os sertanejos Gian e Giovani se apresentam nesta terça-feira, dia 15, no Parque Ambiental em show alusivo aos 200 anos de Ponta Grossa. O show está previsto para iniciar às 20 horas. Antes, a partir das 19 horas, o cantor Maik faz a abertura da programação. A apresentação é gratuita e promete atrair grande número de fãs da tradicional dupla e do estilo sertanejo tradicional. A promoção é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura.

Este é o quarto show gratuito levado ao Parque Ambiental para toda a comunidade em comemoração ao aniversário da cidade. Já se apresentaram o Ira!, na abertura do Sexta às Seis, dia 12 de maio, o cantor Fernandinho, dia 15 de junho, e o violeiro Gabriel Sater, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa. Depois da dupla Gian e Giovani, fechando a programação de grandes shows, no dia 14 de setembro, véspera do aniversário de 200 anos de Ponta Grossa, será a vez da apresentação do Roupa Nova. “Estamos promovendo uma programação que seja a mais diversa e plural possível, de forma a agradar todos os gostos nessas comemorações dos 200 anos de Ponta Grossa”, destaca o secretário municipal de Cultura, Alberto Portugal.

SOBRE A DUPLA

Gian e Giovani é uma das duplas sertanejas mais consagradas do Brasil. O primeiro LP foi lançado pela extinta gravadora Continental, em 1988. O primeiro grande sucesso da dupla foi “Amante Anônimo”, seguido por “Espuma de Cerveja”, “Você em Minha Vida”, entre outras. Com essas músicas, a dupla passou a frequentar as paradas de sucesso do Brasil. Já no segundo LP, a dupla Gian & Giovani alcançou a vendagem de, aproximadamente, 400 mil cópias. A música “Nem Dormindo Consigo Te Esquecer” ganhou vários prêmios. 

Em 2020, durante a pandemia de Covid-19, Gian e Giovani foram uma das duplas com a maior realização de lives, ultrapassando mais de 50 apresentações on-line. Somando as principais plataformas digitais, a dupla ultrapassa a marca de 1 milhão de ouvintes mensais, sendo 700 mil só no Spotify.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Pular para o conteúdo Secured By miniOrange